Início » Notícias » Corona Vírus » Coronavírus: dicas e recomendações aos viajantes

Coronavírus: dicas e recomendações aos viajantes

Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar
Share on pinterest
Salvar
Share on whatsapp
Enviar

A pandemia causada pelo Coronavírus trouxe caos ao mundo inteiro, o vírus já atingiu mais de 3 milhões de pessoas, causando a morte de cerca de 230 mil pessoas. No Brasil, já são quase 80 mil casos confirmados, com o número de mortes chegando a 6 mil. Muitas pessoas ainda tem muitas dúvidas em relação ao vírus e como o foco deste blog são viagens e turismo, iremos publicar dicas e recomendações aos viajantes em relação ao Coronavírus.

Sei que muita coisa que irei falar por aqui já foi falado por diversas vezes nos telejornais, mas é inacreditável quando saio de casa e vejo as pessoas em meio à aglomerações, não utilizando máscaras, algumas vezes utilizando mas de forma totalmente incorreta, levando a vida normalmente, infelizmente o momento é delicado e precisa da colaboração de todos para que tudo isso passe logo!

Viagens e passeios não são recomendados neste momento, nunca é demais lembrar. Ficar em isolamento social é o melhor a se fazer, evitando a transmissão e contaminação pelo Coronavírus. Mesmo que você insista em viajar, encontrará atrações fechadas, correndo o risco de sequer entrar em algumas cidades ou países, que fecharam as suas fronteiras. Então não é uma questão de escolha, é bom senso.

Sobre o Coronavírus

O Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/2019 após casos registrados na China e provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado, podendo causar até infecções do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais sintomas conhecidos até o momento são febre, tosse, dificuldade para respirar e dor de garganta.

Coronavírus: sintomas

O que se vê após alguns estudos é que os sintomas podem variar em alguns casos, na minha cidade (Divinópolis) por exemplo, as pessoas que testaram positivo para a COVID-19 relataram perda do paladar, sintoma que não está entre os mais comuns nas pessoas que contraíram o Coronavírus.

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a transmissão comunitária, ou seja, de pessoa para pessoa, através de gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo. O risco de infecção pode acontecer com qualquer pessoa que tenha contato próximo, cerca de 1 metro, com pessoas que apresentem sintomas respiratórios.

A transmissão pode ocorrer através de gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo como toque ou aperto de mão e contato com objetos e superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos. A transmissibilidade dos pacientes infectados é em média 7 dias após o início dos sintomas, porém estudos revelam que a transmissão pode ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas.

O período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 5 a 12 dias.

Informações retiradas do Ministério do Turismo e do Ministério da Saúde

Coronavírus: dicas e recomendações

Coronavírus - Tossir com o antebraço

O primeiro passo para evitar a contaminação pelo novo Coronavírus é reforçar os hábitos de higiene, seja em casa ou no trabalho, como lavar as mãos com água e sabão, além de cobrir a boca com o antebraço ao tossir ou espirrar. Não compartilhe objetos de uso pessoal, evite tocar nos olhos, nariz e boca sem as mãos estarem higienizadas, evite aglomerações e ambientes fechados. Você deve procurar hospitais e postos de saúde apenas se apresentar falta de ar.

Ao retornar de viagens internacionais, recomenda-se o isolamento domiciliar voluntário por pelo menos 7 dias após o desembarque, mesmo que não tenha apresentado nenhum sintoma. Já para viagens locais (o que não é recomendado neste momento), fique atento a sua condição de saúde nos primeiros 14 dias.

Se passar mal durante o voo, informe a tripulação. Caso apresente os sintomas de gripe, fique em casa por 14 dias e só procure uma unidade de saúde caso o problema se agrave. Além de você, os demais moradores de sua residência também deverão ficar em isolamento domiciliar por 14 dias.

Tratamento em caso Positivo

A notícia ruim é que ainda não existe um tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. O melhor a se fazer é repousar, beber bastante água, usar medicamentos para dor e febre (analgésicos e antitérmicos), se possível usar umidificador no quarto e tomar banhos quentes para aliviar dores na garganta.

As recomendações para pessoas que testaram positivo para o Coronavírus são:

– Evitar contato físico com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, devendo ficar em casa por 14 dias;
– Utilizar máscara o tempo todo;
– Após utilizar o banheiro, sempre lave bem as mãos com água e sabão, limpando também todas as superfícies com álcool ou água sanitária;
– Separar itens de uso pessoal como toalhas, talheres e copos;
– Utilizar um lixo separado das demais pessoas;
– Manter a janela sempre aberta para circulação do ar do ambiente usado para isolamento e a porta bem fechada. Limpe a maçaneta frequentemente.

Um canal de informações bastante prático é o App do Coronavírus (Android | iOS), desenvolvido pelo Ministério da Saúde que fornece informações , dicas e uma avaliação rápida sobre a relação dos sintomas com a definição de caso suspeito do vírus.

AQUI COMEÇA A SUA VIAGEM:

🏨 Reserve HOTÉIS com o BOOKING

🚙 Alugue VEÍCULOS com a RENTCARS.

👨‍⚕️ Faça um SEGURO com a REAL SEGURO VIAGEM.

✈️ Compre PASSAGENS AÉREAS com a PASSAGENS PROMO.

🎫Compre INGRESSOS com a GET YOUR GUIDE

🛬 Solicite INDENIZAÇÕES com a RESOLVVI.

André Morato
André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte