Início » Brasil » Minas Gerais » Macacos » Macacos-MG: O que fazer e onde ficar no arraial que está encantando os mineiros

Macacos-MG: O que fazer e onde ficar no arraial que está encantando os mineiros

Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar
Share on pinterest
Salvar
Share on whatsapp
Enviar

Macacos é um pequeno e agradável distrito, localizado à 25 quilômetros da capital Belo Horizonte, que vem conquistando mineiros e turistas de outros estados que buscam um ambiente tranquilo para descansar e sair da rotina.

Quem já conhece Macacos, sabe bem como é revigorante passar ao menos um final de semana por lá, desfrutando de uma boa comida e ótimas pousadas. O distrito ainda oferece passeios de aventura e possui belezas naturais de fácil acesso.

Macacos

Primeiro vamos à aula de Geografia: O nome oficial do distrito é São Sebastião das Águas Claras, Macacos é um nome popular e todos o conhecem por esse nome. Apesar da proximidade com a capital, o distrito pertence à Nova Lima, cidade vizinha à Belo Horizonte.

Agora a aula de história: O povoamento do distrito iniciou-se no século XVIII, com a descoberta de ouro na região. Os bandeirantes portugueses chamavam os contrabandistas de ouro da região de “Macacos” daí surgiu o nome popular do distrito. A principal atividade econômica do distrito era a pequena agricultura, porém, nos últimos anos, o turismo cresceu muito por lá, principalmente o turismo de aventura e o turismo gastronômico.

O que fazer em Macacos-MG

Rodeada por rios e montanhas, o distrito de Macacos vem encantando cada vez mais os turistas, o lugar é muito gostoso. Quem mora em BH costuma fazer um bate e volta até Macacos, mas o mais gostoso é se hospedar por lá, ao menos por um final de semana.

Como chegar à Macacos

A partir do Centro de Belo Horizonte, siga pela Av. Afonso Pena (sentido Mangabeiras) e pegue à direita na Rua Rio Grande do Norte. Seguindo reto por esta rua, chegará até a Av. Nossa Senhora do Carmo, que leva até a BR-356/040. Após alguns quilômetros, você verá placas indicando o acesso à São Sebastião das Águas Claras.

Tome cuidado com a estradinha que leva até o distrito, pois esta não possui acostamento e exige cautela por ser um trecho entre serras. A sinalização é boa.

A empresa Viação Santa Fé realiza o trecho Belo Horizonte / São Sebastião das Águas Claras, através da linha 3915. Confira aqui o valor atualizado das tarifas e os horários.

Onde se hospedar em Macacos

Acredite, apesar de pequeno, Macacos tem inúmeras opções de hospedagens, tem pousada em tudo quanto é canto e de tudo quanto é jeito, das mais simples às mais luxuosas. Como não há muitas atividades durante o dia, vale a pena investir em uma boa pousada, já que você passará a maior parte do tempo nela.

Pousada Vilarejo Plus

Eu me hospedei na Pousada Vilarejo Plus (não confunda com a Pousada Vilarejo) e gostei bastante da minha experiência por lá. A pousada está a cerca de 2 quilômetros do centrinho da vila, e tem uma linda vista para as montanhas.

A vantagem de estar mais afastado do centro é a paz que o local proporciona, dá pra ouvir até os pássaros cantando. Paguei um preço bem bacana e me hospedei na melhor suíte da pousada, aqui tem o review com todas as informações.

Pousada Vilarejo Plus - Hospedagem em Macacos-MG
Pousada Vilarejo Plus
Pousada Vilarejo Plus
Pousada Vilarejo Plus

Outras opções

A Pousada Vila Solaris é muito bem recomendada no Trip Advisor. Os Chalés do Beto possuem bons preços e também tem boas recomendações. Mas se quiser dar uma olhada nas outras opções do vilarejo, consulte pelo Booking e veja mais detalhes, fotos e o preço de cada uma. Eu recomendo viajar pra Macacos já com a pousada reservada, mesmo em baixa temporada, evitando o desgaste de ir de pousada em pousada para escolher uma.

O que fazer

Visitar a Capela de São Sebastião

A Capela de São Sebastião foi erguida em meados do século XVIII no centro do Arraial de Macacos. No interior da capela, um singelo acervo com destaque para o Altar-Mor e as diversas imagens em madeira. Em frente a capela há um grande cruzeiro de madeira. A capela foi completamente restaurada no ano de 1988, preservando suas características originais. A Capela de São Sebastião é tombada pelo Conselho Consultivo Municipal do Patrimônio Histórico de Nova Lima.

Rua São Sebastião – Centro
Entrada: Gratuita
💡 Aberta aos domingos, de 8h às 9h

Capela de São Sebastião - O que fazer em Macacos-MG
Capela de São Sebastião

O dia de São Sebastião, padroeiro da cidade, é 20 de janeiro, porém, a festa em comemoração ao santo é realizada no último final de semana de agosto, para se evitar as chuvas que geralmente ocorrem em janeiro.

Igreja de São Sebastião - O que fazer em Macacos-MG

Fazer o passeio de quadriciclo

A atração mais radical de Macacos é o passeio de quadriciclo, que percorre boa parte do arraial e leva os turistas a uma aventura em meio a mata nativa que emoldura o arraial. Em alguns trechos do passeio, é necessário passar por dentro de riachos, deixando o passeio ainda mais radical.

O passeio dura cerca de 1h30 e deve ser agendado com alguns dias de antecedência, para não correr o risco de ficar sem.

 Quadriadventure – Rua da Saudade 100 – (31) 98393-5337
Passeio: R$160 (até duas pessoas por veículo)
💡 Sábado, Domingo e Feriado, saídas as 10h, 11h40, 13h40 e 15h40

Passeio de Quadriciclo em Macacos-MG

Curtir as cachoeiras

Macacos tem algumas boas cachoeiras mas eu nem sei pra que lado elas estavam pois não vi nenhuma placa sinalizando como chegar em alguma delas. Não era o meu interesse, mas cheguei a cogitar ir em uma delas para conhecer, o tempo frio logo fez eu mudar de ideia.

Caso tenha interesse, peça ao pessoal da pousada em que estiver hospedado para lhe dar mais informações. A Cachoeira de Macacos é a mais famosa delas e possui fácil acesso, próxima ao Orangotango’s Bar. Não há muitas informações sobre as cachoeiras de Macacos na internet e os sites que tem, estão com informações trocadas.

Conhecer a feira livre de Macacos

A feira livre acontece todos os sábados, a partir da 11h no centro do arraial de Macacos.

O que fazer em Macacos-MG

Comprar artesanato

Tem algumas boas opções pelo arraial. Eu conheci a loja Tiquim de Tudo, que fica no centrinho da vila, alguns metros acima da igreja. A loja tem artesanatos, lembrancinhas, óculos, chinelos e faz até recarga de créditos no celular. Realmente a loja tem “um tiquim de tudo”.

O que fazer em Macacos-MG
Tiquim de Tudo
O que fazer em Macacos-MG
Tiquim de Tudo

Onde comer

A gastronomia é um dos pontos fortes de Macacos e há vários restaurantes espalhados pelo arraial, dos mais simples aos mais sofisticados, tem restaurante pra tudo quanto é gosto. Aqui tem dicas de onde comer em Macacos.

Sítio Bar e Restaurante

Dicas importantes

Boa parte do comércio e as pousadas funciona somente nos finais de semana, consulte antes de ir para lá.

Faça a sua reserva com antecedência.

Não há postos de combustível em Macacos, abasteça antes.

O comércio em geral está aderindo ao recebimento por cartões de crédito, mas ainda há lugares que aceitam apenas pagamentos em dinheiro. Não há caixas eletrônicos por lá, então é bom levar uma quantia em dinheiro, por garantia.

O clima na cidade varia bastante, costuma ser quente durante o dia e frio durante a noite, então, mesmo no verão, é bom levar um agasalho, principalmente se pretende sair para jantar à noite.

As ruas do arraial são estreitas e pode ser difícil conseguir um lugar para estacionar no centro. Mesmo que encontre, não recomendo parar na rua, além de travar o trânsito, você corre o risco de ser batido, a rua é muito apertadinha. O recomendado é utilizar o estacionamento gratuito, que fica alguns metros acima da igreja, próximo à escola.

Estacionamento Público - O que fazer em Macacos-MG
Estacionamento gratuito

Reserve pelo menos um final de semana em Macacos e não programe muita coisa, escolha uma boa pousada e aproveite para descansar. Geralmente eu viajo com o roteiro cheio de coisas para fazer, mas em Macacos foi diferente, reservei apenas o passeio de quadriciclo e selecionei alguns restaurantes.

Fiquei o sábado inteiro curtindo a pousada e descansando, deixei até o celular de lado e me desliguei do mundo. Foi ótimo, uma das poucas vezes que viajei para descansar (literalmente). E valeu muito a pena, espero voltar em breve ao arraial, que já me conquistou na primeira visita.

André Morato e Kalidia Silva

Viagem realizada em junho de 2017

AQUI COMEÇA A SUA VIAGEM:

🏨 Reserve HOTÉIS com o BOOKING

🚙 Alugue VEÍCULOS com a RENTCARS.

👨‍⚕️ Faça um SEGURO com a REAL SEGURO VIAGEM.

✈️ Compre PASSAGENS AÉREAS com a PASSAGENS PROMO.

🎫Compre INGRESSOS com a GET YOUR GUIDE

🛬 Solicite INDENIZAÇÕES com a RESOLVVI.

André Morato
André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

10 respostas

    1. Oi Lucy!
      Algumas pousadas oferecem refeições, a pousada em que me hospedei, a Vilarejo Plus oferecia refeições porém não utilizei o serviço.

    1. Oi Andréa.
      Macacos ainda é pequena e ainda não apresenta lazer noturno, pelo menos não que eu saiba.
      O que considero lazer noturno é escolher um bom restaurante para jantar. 🙂

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte