Início » Brasil » Minas Gerais » Carrancas » Complexo da Zilda, Carrancas-MG

Complexo da Zilda, Carrancas-MG

Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar
Share on pinterest
Salvar
Share on whatsapp
Enviar

O Complexo da Zilda se destaca pela variedade de atrativos naturais como nascentes, lindas cachoeiras, gruta, cânion, escorregador natural e até pinturas rupestres. Este complexo é o mais famoso de Carrancas e dentre os atrativos se destacam a Cachoeira dos Índios, a Cachoeira da Zilda, o lindíssimo Poço do Guatambú e o Escorregador da Zilda.

A parte ruim é que o complexo é um dos mais distantes do centro de Carrancas, cerca de 12 quilômetros. Para chegar até o Complexo da Zilda, suba a rua da praça de Carrancas e vire a esquerda (há placas). Daí pra frente, não há sinalização, mais um motivo para contratar um guia.

Complexo da Zilda

Como eu estava de carro, não tive problemas para chegar ao Complexo da Zilda, já que o guia foi indicando o caminho. Sem ele, não sei se conseguiria chegar ao local já que não encontrei nenhuma placa indicando o caminho, talvez com o Google Maps ou Waze eu conseguisse chegar. Além da grande quantidade de atrativos naturais, este complexo se destaca pela estrutura, com grande espaço para estacionar os carros, uma pequena lanchonete e facilidade para chegar nos principais atrativos.

Estacionei o veículo e comecei a desvendar o complexo pelo lado onde está a lanchonete, ao lado da Cachoeira dos Índios. A Cachoeira é pequena e há uma piscina natural antes da queda que é boa pa ra banho. Devido a proximidade com a lanchonete e a facilidade de acesso, é grande a chance desta cachoeira estar cheia de pessoas, é melhor seguir pela trilha e encontrar um atrativo mais tranquilo para curtir. Bem ao lado da Cachoeira dos Índios, há algumas pinturas rupestres que datam 3.500 anos atrás.

Cachoeira dos Índios - Carrancas-MG
Cachoeira dos Índios
Cachoeira dos Índios - Carrancas-MG
Cachoeira dos Índios
Pinturas Rupestres - Carrancas-MG
Pinturas Rupestres

Para seguir até a Cachoeira da Zilda, a próxima atração, é necessário passar por dentro d’água para atravessar com segurança. Há também a opção de atravessar pelas pedras (molhadas) alguns metros à abaixo, porém há o risco de escorregar nas pedras e se machucar. É necessário pagar uma taxa de R$25 para chegar a esta cachoeira.

A trilha até a Cachoeira da Zilda é de dificuldade média, passando pelo meio da mata, caminhando sobre pedras e atravessando por dentro d’água. Mas vale a pena, a cachoeira possui uma belíssima queda d’água, com um ótimo poço para banho e uma areia branca bem ao lado.

Cachoeira da Zilda - Carrancas-MG
Cachoeira da Zilda
Cachoeira da Zilda - Carrancas-MG
Cachoeira da Zilda

Próximo à Cachoeira da Zilda há uma pequena gruta, a Gruta da Zilda, na qual fui somente na entrada pois não estava com o equipamento necessário para adentrá-la. De todo caso foi possível registrar algumas fotos bem legais de dentro da gruta.

Seguindo pela trilha, a próxima atração é a Cachoeira da Proa e o Poço da Proa, cuja entrada está inclusa nos R$25 da Cachoeira da Zilda. A Cachoeira da Proa deságua no Poço da Proa que também é uma boa pedida para banho, com águas limpas e refrescantes. Neste local, é possível encontrar algumas plantas Carnívoras, as “Droseras Montana” em meio as pedras.

Gruta - Carrancas-MG
Gruta
Gruta - Carrancas-MG
Gruta
Poço da Proa - Carrancas-MG
Poço da Proa
Drosera Montana - Carrancas-MG
Drosera Montana

A próxima atração é a que achei mais bonita em Carrancas. É claro que gosto é uma questão bem pessoal, mas este lugar me encheu os olhos de tanta beleza. Depois de passar por uma trilha ao lado da água em meio a mata e caminhando sobre as pedras, cheguei até o Poço do Guatambú. O caminho até lá é bem complicado mas o lugar vale muito a pena conhecer.

O Poço do Guatambú é uma queda d’água, não muito extensa porém alta, em uma mata fechada onde a luz do sol reflete na água bem no local da cascata. O lugar é lindo, dá pra mergulhar nas águas cristalinas do local. Pela dificuldade de chegar até o local, a recompensa é a tranquilidade do mesmo.

Poço do Guatambú - Carrancas-MG
Poço do Guatambú

Dali, segui por uma trilha onde cheguei ao estacionamento. Pensa que acabou? Acabou não, ainda conheci outros três atrativos, a Cachoeira dos Anjos, a Racha da Zilda e o Escorregador da Zilda.

Segui para o outro lado do Complexo da Zilda, onde está o famoso Escorregador da Zilda, um escorregador natural em uma pedra lisa de aproximadamente 6 metros, onde crianças e adultos podem se divertir. Aproveite para escorregar à vontade e, se estiver na alta temporada, prepare-se para enfrentar fila. Após escorregar, você pode subir pelas pedras do lado direito do escorregador para escorregar mais vezes, há uma corda auxiliando a subida.

A trilha até o Escorregador é de fácil acesso e vale lembrar que o local é uma propriedade particular, onde paga-se R$5 para entrar. O local também é uma área de camping. Pela facilidade de acesso, o local também costuma ficar cheio, principalmente se estiver na alta temporada.

Escorregador da Zilda - Carrancas-MG
Escorregador da Zilda
Escorregador da Zilda - Carrancas-MG
Escorregador da Zilda

Finalizei o passeio pelo Complexo da Zilda indo até a belíssima Cachoeira dos Anjos. A cachoeira possui três quedas d’água e fica pertinho da entrada do Cânion e a Racha da Zilda. No caminho, ainda passei pelo Poço do Saci.

Cachoeira dos Anjos - Carrancas-MG
Cachoeira dos Anjos
Racha da Zilda - Carrancas-MG
Entrada da Racha da Zilda
Complexo da Zilda - Carrancas-MG
Complexo da Zilda - Carrancas-MG

Contrate um guia

Recomendo sempre procurar um guia para acompanhar você em todos os roteiros de Carrancas, o Complexo da Zilda fica longe da cidade e pode ser difícil chegar até ele sem um auxílio de um guia. Minha indicação é o guia Jhonata (tel: (35) 9215-6458), indico ele desde 2013 aqui no blog e os leitores gostam muito do trabalho dele. Foi ele quem me guiou no Complexo da Zilda e em todos os outros complexos de Carrancas, o menino sabe tudo do lugar.

Quer mais dicas de Carrancas? Confira aqui em nosso post índice.

Viagem realizada em outubro de 2013

- autor -

André Morato
André Morato
Olá, eu sou o André! Sou influenciador digital de viagens e gastronomia, designer gráfico, desenvolvedor web e trabalho com marketing digital. Apaixonado por viagens e por fotografia, já viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog.

- COMENTÁRIOS -

7 respostas

    1. Oi Wilson.
      Não sei o que houve com você mas eu nunca fui cobrado e nunca soube de cobrança para as cachoeiras, paguei apenas para entrar no escorregador, o valor de R$3.

  1. André, mudou tudo lá agora… Tem que pagar 25,00 pra chegar até a Zilda, Proa e Guatambu. Mais 25,00 pra racha da Zilda. Pro escorregador, mais 5,00… a única parte grátis é a do Índio…

  2. É um absurdo. O que movimenta a cidade são as cachoeiras. Se cobram tanto assim daqui a pouco só eles vão admirá-las. Cobrem um preço simbólico, no máximo R$5,00.

  3. Fui ao Complexo da Zilda em Carrancas em novembro de 2020. Fiquei indignado com a exploração do local sem retorno algum para o visitante. O local é razoavelmente bonito, mas a infraestrutura é péssima. Pessoal sem qualificação para atendimento ao público. Só investiram na sinalização para a chegada (por uma estrada de terra horrível). Cobram uma taxa para cada lugar que você vai no complexo, o valor não é necessariamente caro (RS 10,00 – R$ 25,00) caso fosse revertido em estrutura. Chegamos na entrada do complexo e apenas tinha uma pessoa bastante ríspida para fizer que “tudo aquilo era o complexo” e dizer que cada lugar tem um valor para visita, pronto, “deu as costas….” Fiquei indignado por pagar para ver algo que própria natureza fez, sem investimento algum do valor que cada pessoa paga, pelo menos no escorregador que foi o único lugar que fui. Nem míseras placas educativos colocaram, o que contribui com o lixo que vi no caminho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

- Sobre -

Sobre o Blog Meu Destino

Somos André e Kalídia! Compartilhamos as melhores dicas para que você possa viajar e curtir o melhor de cada destino.

- tv blog meu destino -

- NEWSLETTER -

Newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

- ATENÇÃO -

Todo o conteúdo do blog está protegido pela LEI DO DIREITO AUTORAL Nº: 9.610 de 19/02/1998. Portanto, é proibida qualquer reprodução de textos e imagens contidas neste blog, em qualquer meio de comunicação, sem prévia consulta e autorização dos editores do site.

Blog Meu Destino © 2011-2020 – Todos os direitos reservados

- fazemos parte -