Início » Brasil » Sergipe » Canindé de São Francisco » Cânion do Xingó, um passeio pelos cânions do Rio São Francisco

Cânion do Xingó, um passeio pelos cânions do Rio São Francisco

Share on facebook
Compartilhar
Share on twitter
Tweetar
Share on pinterest
Salvar
Share on whatsapp
Enviar

O passeio até o Cânion do Xingó é um antigo sonho meu: desde a minha primeira viagem a Aracaju, eu vinha namorando a possibilidade de conhecer o local, mas não deu certo. Nesta minha segunda viagem à capital sergipana, coloquei o passeio como prioridade e, finalmente, conheci os cânions do Rio São Francisco.

O lugar é lindo, um dos maiores cânions navegáveis do mundo, com belezas naturais de tirar o fôlego. Se você é noveleiro(a), certamente já conhece o lugar, cenário da novela Velho Chico da Rede Globo.

Para chegar até o Cânion do Xingó, é necessário se deslocar até Canindé de São Francisco e reservar um passeio de catamarã, que leva os turistas até os cânions.

De Aracajú à Canindé

Reservei a ida com a Nozes Tur, a maior agência de receptivos de Aracaju e a melhor opção para ir de Aracaju até Canindé (R$80). O passeio começou cedo, às 6h45 quando o ônibus da Nozes me buscou no hotel. O ônibus possui poltronas reclináveis e ar condicionado, então dá pra prolongar a soneca na ida e na volta, tempo é o que não falta. São 3 horas de viagem para cada trecho.  😳

Cânion do Xingó, SE
Ônibus da Nozes Tur

Na chegada a Canindé, o ônibus passou pela Usina Hidrelétrica de Xingó, responsável pelo abastecimento de 25% da região nordeste do Brasil. Deu pra ver boa parte da usina, o vertedouro e a prainha, local da fatídica morte do ator Domingos Montagner.

A Hidrelétrica de Xingó foi inaugurada em 1994 e sua construção mudou a história do sertão sergipano, antes completamente seco, hoje com belas paisagens e muito verde.

Usina Hidrelétrica de Xingó, Cânion do Xingó, SE
Usina Hidrelétrica de Xingó

O desembarque do “busão” acontece no Restaurante Karrancas, onde há guichês para a compra do passeio de catamarã. Recomendo ir direto pro guichê e já comprar o quanto antes. No meu caso, já havia reservado antecipadamente com a MFTur, a empresa responsável pela embarcação Patativa de Assaré (R$100), um catamarã super confortável que leva até os Cânions. A MFtur possui também outras opções de passeios, de lancha e helicóptero.

Com o ingresso comprado, basta aguardar o embarque. Não precisa correr, não precisa formar fila em frente à embarcação e nem se preocupar, a chamada para embarque é feita pelo nome, de acordo com a ordem de compra, daí a importância de ir direto pro guichê na chegada. Tem lugar pra todo mundo, mas é aquela história, “quem chega primeiro bebe água limpa”.

Aproveite para curtir a prainha onde acontecem os embarques e praticar SUP.

Cânion do Xingó

Almoço no Restaurante Karrancas

O almoço acontece na volta do passeio, no Restaurante Karrancas, porém tivemos um atraso e tivemos que inverter a ordem, almoçar primeiro e depois realizar o passeio. O buffet é livre e custa R$38,00 por pessoa. A comida é gostosa e de qualidade e como a ida atrasou, eu já estava com muita fome.

As melhores mesas são as que estão do lado esquerdo, pois possuem vista para a prainha.

Restaurante Karrancas
Restaurante Karrancas

Catamarã até Xingó

“André Morato”. Opa, chamaram meu nome, hora de embarcar no catamarã, que transporta até 250 pessoas por vez. A embarcação possui 2 andares, banheiros, chuveiros e uma música bem animada. A equipe de bordo passa as instruções de uso do colete salva vidas e o cardápio, já que a embarcação possui um bar que vende água, refri, cerveja e petiscos.

Embarque

O tempo de viagem até os cânions é de 1 hora. Enquanto navega, aproveite para curtir o visual ao redor do Rio São Francisco, rio 100% nacional e de grande importância para o nosso país. Logo aparecerão os primeiros cânions, sendo os mais famosos a Pedra do Gavião, o Morro do Macacos e a Pedra do Japonês. Não se preocupe, o guia da embarcação vai explicando tudinho e você só curte.  😎

Cânion do Xingó
Cânion do Xingó
Cânion do Xingó

Durante o passeio, diversas imagens de São Francisco de Assis irão surgir, com destaque para uma parada onde há uma escada que leva até a imagem do santo. Não paramos, mas vi de perto, com o zoom da câmera.

Cânion do Xingó
Imagens de São Francisco de Assis

Porto de Brogodó

Após 1 hora de navegação, chega-se ao Porto de Brogodó, onde há estruturas fixas para receber os turistas. Ali é possível mergulhar em 2 piscinas, em uma área cercada por redes, com a opção de mergulho com o colete ou com o macarrão flutuante. A água é verdinha, limpa e morna, ótima para um mergulho.

Estrutura fixa, no Porto de Brogodó
Estrutura fixa, no Porto de Brogodó
Catamarã Patativa do Assaré
Piscina cercada para mergulho no Cânion do Xingó
Piscina cercada para mergulho no Cânion do Xingó

O Cânion do Xingó possui mais de 60 quilômetros de extensão, com alguns pontos chegando a 190 metros de profundidade. Mas a área cercada possui 8 metros de profundidade e salva vidas de plantão, dá pra mergulhar sem se preocupar.

O outro atrativo que há no Porto de Brogodó é o passeio de barco que leva até a Gruta do Talhado (R$10), ao meu ver, o ápice do passeio. Minha dica é chegar ao Porto e ir logo pro embarque nestes barquinhos, e só depois curtir o mergulho.

Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó
Gruta do Talhado, Cânion do Xingó

Dá pra levar a câmera fotográfica neste passeio, mas enquanto o motor do barco estiver ligado, é bom mantê-la protegida da água, pode espirrar um pouco. Com alguns minutos, chega-se à gruta e o passeio não dura 10 minutos, mas o lugar é encantador e vale cada centavo. Dá pra navegar pela gruta, tocar em alguns pontos e admirar tamanha perfeição da natureza.

As fotos na Gruta do Talhado ficam lindas, então aproveite.

Cânion do Xingó
Cânion do Xingó

No retorno ao porto, aproveite para curtir um gostoso banho nas águas do São Francisco, o tempo voa por lá.

O sistema de som da embarcação avisa quando o passeio está nos minutos finais, para que todos possam retornar, sem pressa. O catamarã retorna ao Restaurante Karrancas para o almoço.

Passeio de Helicóptero sobre os Cânions do Xingó

Após o almoço, aproveite para realizar o passeio de helicóptero e sobrevoar os cânions e a Usina Hidrelétrica de Xingó com a MFTur, o passeio custa em torno de R$150,00 por pessoa, em um vôo de aproximadamente 4 minutos. Por conta dos atrasos na ida, fiquei só na vontade do passeio de helicóptero, fica pra uma próxima vez.

Viagem realizada em janeiro de 2017

AQUI COMEÇA A SUA VIAGEM:

🏨 Reserve HOTÉIS com o BOOKING

🚙 Alugue VEÍCULOS com a RENTCARS.

👨‍⚕️ Faça um SEGURO com a REAL SEGURO VIAGEM.

✈️ Compre PASSAGENS AÉREAS com a PASSAGENS PROMO.

🎫Compre INGRESSOS com a GET YOUR GUIDE e a TourOn.

🛬 Solicite INDENIZAÇÕES com a RESOLVVI.

André Morato
André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte

Busca no Blog

Sobre o autor

André Morato

André Morato

Sou digital influencer, designer gráfico, blogueiro, viajante e criador e editor deste blog, além de fotógrafo nas horas vagas.  Apaixonado por viagens, fotografia e gastronomia, mantenho, além deste blog, um perfil de gastronomia na minha região (O Casal de Divi) junto com minha namorada.

POSTS EM DESTAQUE

Assine nossa newsletter

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber novidades do blog e dicas para as suas próximas viagens!

últimas postagens

fazemos parte