O que fazer em Goiânia-GO em um final de semana

A capital do estado de Goiás possui lindos parques, praças, museus e até jardim zoológico

O que fazer em Goiânia-GO

Goiânia é uma cidade linda e moderna, recheada de belos parques, praças, museus e feiras de artesanato. A semelhança entre Minas Gerais e Goiás vai além da cultura e da gastronomia, até as capitais dos dois estados tem suas semelhanças, ambas são cidades planejadas contendo diversas áreas verdes. Aproveitei que estava em Trindade e dei um pulinho na capital do estado de Goiás, peguei algumas dicas com a Carol Miranda do blog Vamos Por Aí para definir o que fazer em Goiânia e fiz um roteiro pelas principais atrações.

Muita gente passa por Goiânia para seguir rumo à Caldas Novas e Trindade, cidades onde o turismo é mais intenso e deixam de conhecer a capital do estado, que por sinal é muito bonita. Após visitar a cidade, eu diria que Goiânia não tem muita vocação para o turismo e esta realidade se reflete entre os próprios moradores, que mal conhecem as atrações que a cidade oferece.

Mas isso não quer dizer que não há nada o que fazer em Goiânia, a cidade tem atrações que podem ocupar um final de semana, incluindo passeios por museus e opções de locais para ir com crianças. Este post tem o objetivo de mostrar a você o que Goiânia tem de melhor, podendo encaixar a cidade naquelas viagens de final de semana.

O que fazer em Goiânia-GO

Roteiro – O que fazer em Goiânia

Roteiro Sexta
– Compras na Feira Hippie
– Catedral Metropolitana
– Praça Cívica e Museu Zoroastro Artiaga
– Museu Pedro Ludovico
– Bosque dos Buritis

Roteiro Sábado
– Praça do Sol
– Parque Vaca Brava
– Restaurante Chão Nativo
– Zoológico de Goiânia

Roteiro Domingo
Feira do Cerrado
– Estádio Serra Dourada
– Parque Flamboyant
– Centro Cultural Oscar Niemeyer

Conhecer o Parque Flamboyant

Sem dúvidas é o parque mais bonito e mais requisitado de Goiânia. Com grande área verde, dois lagos, parque infantil, ciclovia, ponte de madeira, academia ao ar livre e pista de cooper, o parque é uma ótima opção para curtir uma tarde com a família, namorada ou com os filhos. Tamanha beleza atrai diversas pessoas para ensaios fotográficos, algo muito comum por lá. Sempre aberto, o acesso é gratuito.

➡  Rua 15, 103-157 – Jardim Goiás
Entrada: Gratuita

Parque Flamboyant - O que fazer em Goiânia-GO Parque Flamboyant - O que fazer em Goiânia-GO

Fazer compras na Feira do Cerrado aos domingos

A Feira do Cerrado é uma ótima oportunidade para compras de artesanato goiano, além de provar produtos típicas da culinária do estado como pequi, biscoito e pamonha frita. Tanta variedade por lá que encontrei até uma barraca que vende caramelo belga. Duvida? Confira aqui o post com todas as informações. A feira abre somente aos domingos, de 9h às 13h.

 Rua 72 s/n, Parque da Criança, Jardim Goiás – (62) 3926-2634
Entrada: Gratuta
💡 Domingo, de 9h às 13h

Feira do Cerrado - Goiânia-GO

Passear com as crianças no Zoológico de Goiânia

O Zoológico de Goiânia possui cerca de 520 animais e uma extensa área verde. O passeio é uma das melhores coisas a se fazer em Goiânia com crianças pois possibilita contato direto delas com os animais e despertam a curiosidade e reforçam a importância da preservação da natureza. Mais detalhes da visita neste post.

 Alameda das Rosas – Setor Oeste – (62) 3524-2390
Entrada: R$5
💡 Quarta à Domingo, de 8h30 às 17h
💡 Aberto às terças, durante a férias escolares

Zoológico de Goiânia - Goiás Zoológico de Goiânia - Goiás

Conhecer a história do estado no Museu Zoroastro Artiaga

O Museu possui diversos objetos, fotos e documentos importantes para a história do estado de Goiás. São cerca de 400 peças expostas, relacionados à cultura indígena e ao folclore goiano, além de objetos relacionados aos índios do Brasil Central. A visita é gratuita porém não é guiada, o que deixa o passeio menos atrativo. Mais detalhes neste post.

 Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira, 13, Setor Central – (62) 3201-4675
Entrada: Gratuita
💡 Terça à domingo, de 9h às 17h

Museu Zoroastro Artiaga - Goiânia-GO

Museu Zoroastro Artiaga - Goiânia-GO

Passear pela Praça Cívica

A Praça Doutor Pedro Ludovico Teixeira, chamada de Praça Cívica fica na área central da cidade, é considerada o marco inicial da construção de Goiânia e abriga o Museu Zoroastro Artiaga, o Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o Palácio das Esmeraldas, o Monumento às Três Raças e um Coreto. No dia da minha visita, a praça estava com uma estrutura no centro, certamente para receber algum evento e não me pareceu muito segura, fique atento!

 Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira, Setor Central

Praça Cívica - O que fazer em Goiânia-GO
Praça Cívica com Palácio das Esmeraldas ao fundo

Praça Cívica - O que fazer em Goiânia-GO Coreto da Praça Cívica - O que fazer em Goiânia-GO

Curtir a beleza do Parque Vaca Brava

Já viu que visitar parques é uma das coisas mais interessantes a se fazer em Goiânia e o Parque Municipal Sulivan Silvestre, chamado de Parque Vaca Brava é outro lindo parque, com muito verde e um belo lago. O nome curioso foi dado pois antes de ser este parque, o local era uma fazenda e possuía um córrego, onde algumas “vacas bravas” atolavam. Além do lago, o parque possui parque infantil, pista de cooper e academia ao ar livre.

➡ Avenida T10 s/n, Setor Bueno

Parque Vaca Brava - O que fazer em Goiânia-GO Parque Vaca Brava - O que fazer em Goiânia-GO

Almoçar no Pólo Gastronômico de Goiânia

A gastronomia é, sem dúvidas, um dos destaques do estado de Goiás. Provar as comidas típicas do estado é uma das coisas mais legais de se fazer em Goiânia e há uma região na cidade que é conhecida como Pólo Gastronômico, devido à grande quantidade de bares e restaurantes. Eu almocei no Restaurante Chão Nativo, onde provei algumas iguarias, em um ambiente tipicamente goiano. Mas há diversas opções neste região, dá pra comer muito bem por lá.

 Avenida T-11, 299, Setor Bueno – (64) 3241-2266
Valor: R$34,9 (buffet livre)

Restaurante Chão Nativo - Goiânia-GO

Curtir a natureza e o ar puro do Bosque dos Buritis

Projetado no Plano Oriental da cidade para ser uma área verde, o Bosque dos Buritis é o mais antigo patrimônio paisagístico de Goiânia. Com quase 125 mil metros quadrados de área, o local possui três lagoas artificiais, além de vários canais subterrâneos e muito verde. A área do parque abriga ainda o Museu de Arte de Goiânia. O acesso é gratuito.

➡ Avenida Assis Chateaubriand, Setor Oeste

Bosque dos Buritis - O que fazer em Goiânia-GO Bosque dos Buritis - O que fazer em Goiânia-GO

Conhecer o Museu Pedro Ludovico

O museu é uma homenagem à Pedro Ludovico e está instalado na casa onde viveu o fundador da cidade. A visita é guiada e conta um pouco da história da fundação de Goiânia e da luta de Pedro Ludovico para transferir a capital do estado para Goiânia. O museu estava fechado quando visitei mas a Carol tem um post com mais detalhes.

 Rua 25, 66, Setor Sul – (64) 3201-4678
Entrada: Gratuita
💡 Terça à sexta-feira, de 9h às 17h
💡 Sábados, domingos e feriados, de 9h às 15h

Museu Pedro Ludovico - O que fazer em Goiânia-GO

Tirar fotos no “Eu Amo Goiânia” na Praça do Sol

A Praça do Sol possui alguns bancos e sombras em meio às arvores mas o principal atrativo por lá é o “Eu amo Goiânia”. Pra quem gosta de fotos, vale a pena dar um pulinho lá.

➡ Rua 9, s/n, Setor Oeste

Visitar o Centro Cultural Oscar Niemeyer

O local é um verdadeiro complexo de atrações culturais, composto pela Esplanada da Cultura, onde estão localizados o Museu de Arte Contemporânea, uma biblioteca, o Palácio da Música e o Monumento aos Direitos Humanos.

 Avenida Deputado Jamel Cecílio, Lote 01, Quadra Gleba, 4490 – Setor Fazenda Gameleira – (62) 3201-4932
Entrada: Gratuita
💡 Terça à sexta-feira, de 10h às 16h
💡 Sábados e domingos, de 10h às 17h

Centro Cultural Oscar Niemeyer - O que fazer em Goiânia-GO
Foto: Curta Mais

Conhecer o Estádio Serra Dourada

O estádio é a casa do Goiás, time de futebol do estado. Para os amantes do esporte, o passeio é uma oportunidade de ter acesso. Os visitantes tem acesso aos vestiários, área de aquecimento, banco de reservas, arquibancadas e deck central. Não fiz a visita guiada mas creio que seja nos mesmos moldes das visitas guidas que fiz no Mineirão e no Maracanã.

 Avenida Fued José Sebba, 1170 – Jardim Goiás
Entrada: Gratuita
💡 Segunda à sexta-feira, de 8h às 11h e das 14h às 17h

Estádio Serra Dourada - O que fazer em Goiânia-GO
Foto: AGETOP

Curtir os shows na mega estrutura do Villa Mix Festival

O Villa Mix é um grande evento da música sertaneja que acontece todos os anos em Goiânia. A primeira edição aconteceu em 2011 e o festival impressiona por suas proporções. A estrutura é montada nos arredores do estádio Serra Dourada e o palco é considerado o maior do mundo.

Villa Mix Festival - O que fazer em Goiânia-GO
Foto: Divulgação

Fazer compras na Feira Hippie

Pra quem vai à cidade interessado em compras, o melhor a se fazer em Goiânia é ir até a Feira Hippie, a maior feira ao ar livre da América Latina. São cerca de 10 mil feirantes cadastrados vendendo os mais diversos produtos sendo o setor de moda o mais numeroso. O local exige muita disposição e cuidado, devido à grande aglomeração de pessoas.

 Viela da Rua 44, s/n – Centro
Entrada: Gratuita
💡 Sexta e Domingo, de 7h às 14h
💡 Sábados, de 7h às 18h

Conhecer a Catedral Metropolitana de Goiânia

A Catedral Metropolitana Nossa Senhora Auxiliadora está localizada na praça Dom Emanuel, pertinho da Praça Cívica e possui 81 anos. A igreja é parte importante da história de Goiânia, sendo um dos prédios mais antigos da cidade.

 Praça Dom Emanuel, s/n, Setor Central – (62) 3223-4581
Entrada: Gratuita

Catedral Metropolitana - O que fazer em Goiânia-GO

Extras: Memorial do Cerrado e Santuário do Divino Pai Eterno

Caso vá ficar mais dias em Goiânia, poderá estender o passeio até o Memorial do Cerrado (R$12 por pessoa), um museu que retrata desde a origem da Terra até a chegada dos portugueses do Brasil. A parte ruim é que o museu fica longe do centro e das outras atrações. Outra dica é conhecer o Santuário do Divino Pai Eterno em Trindade, à 19 quilômetros de Goiânia, que recebe diversos devotos e peregrinos durante todo o ano para rezar pelo Pai Eterno.

 Memorial – Avenida Engler, s/n – Jardim Mariliza – (62) 3946-1723
Entrada: R$12
💡 Terça à domingo, de 8h às 12h e de 13h às 17h

 Santuário – Rua Dr. Irany Ferreira, 702, Vila Santo Onofre – Trindade-GO
Entrada: Gratuita

Santuário do Divino Pai Eterno - Trindade-GO

Tem mais dicas do que fazer em Goiânia? Deixe a sua opinião nos comentários deste post.

Onde se hospedar em Goiânia

Goiânia possui diversas opções de hospedagem mas é bom você se atentar ao que pretende fazer em Goiânia para reservar um hotel próximo, o transporte público da cidade não é dos melhores e algumas atrações ficam longe, encarecendo o custo com deslocamentos.

A área central da cidade concentra grande parte das atrações, então se pretende ir à cidade para turistar, este pode ser um bom lugar para se hospedar. Pode ser pois estou falando do centro de uma capital, que pode ser barulhento e caótico, mas tem facilidades como fácil acesso a partir do aeroporto e da rodoviária.

Na própria Praça Cívica, o Crystal Plaza Hotel desponta como uma das melhores opções da área central. Próximo ao Centro de Convenções e a área hospitalar, o Comfort Hotel é outra boa opção, gosto muito dos hotéis da rede. O Umuarama Plaza Hotel é outra boa opção na área central. O Garden Hotel e o Aton Plaza Hotel são opções mais simples.

Para quem pretende ir à Goiânia para compras na Feira Hippie e arredores, o Villagio Hotel possui boa classificação no Booking. O Mega Moda Hotel também é outra opção para fugir das espeluncas que a região possui.

Mega Moda Hotel - Goiânia-GO
Foto: Divulgação

A região do Setor Oeste possui várias opções, é uma região com diversos bares, restaurantes, cafeterias, feiras e o bonito Bosque dos Buritis. Por ali tem o Best Western Tamandaré Plaza Hotel, o Golden Tulip Address, o Holiday Inn, o Mercure Goiânia e o famoso Castro’s Park, um hotel 5 estrelas mas sem preços exorbitantes (dependendo da época).

Viagem realizada em junho de 2018

+ Goiânia no Blog Meu Destino

O que fazer em Goiânia
- Feira do Cerrado
- Zoológico de Goiânia
- Museu Zoroastro Artiaga
Onde comer: Restaurante Chão Nativo

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

2 COMENTÁRIOS

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.