Roteiro pelo Centro de Poços de Caldas, Minas Gerais

O roteiro pode ser percorrido a pé e passa pelos principais pontos turísticos da cidade

Roteiro pelo Centro de Poços de Caldas-MG

O Centro de Poços de Caldas concentra um grande leque de atrações turísticas como praças, parques, mercado municipal, teleférico, museus e construções históricas, tudo fica bem pertinho e, com um planejamento, pode ser conhecido em um único dia. Para que você possa se organizar, criei este Roteiro pelo Centro de Poços de Caldas, colocando as atrações em ordem cronológica.

A medida em que você vai caminhando ao redor do Parque José Affonso Junqueira, vai desvendando as atrações, tem algumas que ficam um pouco mais longe mas nada que alguns minutinhos de caminhada não resolva. Há pessoas que preferem comprar um city tour mas eu recomendo fazer tudo a pé, conhecendo e admirando tudo com calma e tempo.

Uma outra opção seria conhecer as atrações ao redor do Parque com uma caminhada, do 1 ao 14 do roteiro à seguir, e conhecer o restante das atrações centrais com um passeio de charrete, jardineira ou trenzinho.

Passeio de Charrete - Poços de Caldas-MG Passeio de Trenzinho / Jardineira - Poços de Caldas-MG

Roteiro pelo Centro de Poços de Caldas

Como eu já disse, o roteiro a seguir está em ordem cronológica, se você seguir o roteiro corretamente, ganhará tempo e passará por todos os pontos de interesse. Á partir da atração 15, você pode optar por qual quer conhecer primeiro, já que ficam um pouco mais afastadas. A numeração está exatamente da maneira como eu fiz o meu roteiro, apenas a Fonte dos Amores e a Igreja de São Domingos eu não consegui fazer no mesmo dia das demais.

1 – Praça Pedro Sanches

A Praça Pedro Sanches foi inaugurada em 1920, é toda lindinha, com gramados bem cuidados, árvores, lindas flores, bancos e um bonito coreto, construído em 1921. A praça abriga também o monumento Minas ao Brasil, localizado no centro da praça. A Praça Pedro Sanches é um dos principais pontos turísticos da cidade pois abriga o Palace Hotel e fica ao lado do Parque José Affonso Junqueira, onde está outro ponto turístico importante, o Palace Cassino.

Durante o dia, vi alguns moradores e turistas, principalmente idosos, sentados em meio às sombras da árvores ou passeando pela praça, vi também diversas famílias com filhos pequenos aproveitando o espaço para se divertir. Durante à noite a praça fica ainda mais cheia e o local costuma receber algumas apresentações teatrais e shows. É um ótimo local para iniciar o seu roteiro pelo centro de Poços de Caldas.

Praça Pedro Sanches - Poços de Caldas-MG Coreto, Praça Pedro Sanches - Poços de Caldas-MG

2 – Palace Hotel

Um dos símbolos da cidade, o Palace Hotel está localizado na Praça Pedro Sanches e foi inaugurado em 1929, atualmente pertence ao grupo Carlton Plaza. De grande importância para a história do país durante a Velha República e o Estado Novo, o Palace Hotel recebeu e ainda recebe grandes nomes da sociedade brasileira. Foi construído para hospedar as pessoas que visitavam Poços de Caldas na época em que a cidade era um dos principais destinos do país, devido ao Cassino e suas termas.

Palace Hotel - Poços de Caldas-MG

3 – Thermas Antônio Carlos

Por falar em Termas, coladinho à Praça Pedro Sanches estão as Thermas Antônio Carlos, o primeiro estabelecimento termal do Brasil. A bela construção em estilo neoromano foi concluída em 1931 e oferece uma série de serviços e tratamentos corporais, à partir do uso da água termal.

Os famosos banhos termais custam a partir de R$40 e duram 20 minutos, realizados nas charmosas instalações. Destaco ainda uma sala de mecanoterapia, contendo objetos importados da Alemanha em 1929. Se quiser economizar, leve sua própria toalha.

Thermas Antônio Carlos - Poços de Caldas-MG

4 – Fonte Pedro Botelho

Também conhecida como Fonte do Leãozinho por conta do chafariz em forma de leão, a Fonte Pedro Botelho possui águas de natureza alcalina, bicarbonatada, sulfetada e hipertermal, com temperatura média de 45ºC. A fonte fica ao lado das Thermas Antônio Carlos.

Fonte Pedro Botelho - Poços de Caldas-MG

5 – Calendário Floral

Coladinho à Fonte Pedro Botelho está o Calendário Floral, formado por diversas flores, pedrinhas e placas de cimento, que mostram a data, o dia de semana e a estação do ano atuais, com atualização diária.

Calendário Floral - Poços de Caldas-MG

6 – Xadrez Gigante

O Xadrez Gigante, como o próprio nome diz, é um tabuleiro de xadrez grande, pintado no chão com peças de plástico, para queles que quiserem jogar uma partida do clássico jogo de tabuleiro. A atração é gratuita.

Xadrez Gigante - Poços de Caldas-MG

7 – Antiga Estação – Centro de Informações Turísticas

Inaugurada no ano de 1886, a Estação Ferroviária de Poços de Caldas é um dos importantes prédios da cidade e funciona atualmente como um Centro de Informações Turísticas, porém passei pelo local na sexta, sábado e domingo da Semana Santa deste ano de 2018 e o local estava fechado.

Antiga Estação - Informações Turísticas - Poços de Caldas-MG

8 – Museu Histórico e Geográfico

Outro local que conheci apenas a fachada por estar fechado, o Museu Histórico de Geográfico de Poços de Caldas foi inaugurado em 1972, em comemoração ao centenário da cidade, porém funcionava em outro local. Em 1996, o museu foi transferido para o local atual, um edifício do ano de 1898 que foi construído para ser residência de Martinico Prado Júnior.

O edifício foi adquirido pelo Major Joaquim Bernardes, fundador da cidade e já funcionou como residência dos Junqueira na década de 20, hospedaria na década de 40 e escola na década de 60. O acervo conta com quadros mostrando personagens e aspectos antigos da cidade, porcelanas inglesas e francesas do início do século XX, acervo fotográfico com personagens e vistas da cidade desde 1880, hemeroteca composta por jornais desde 1898, vestimentas e objetos antigos, armas, objetos de uso caseiro, artesanato folclórico, etc.

Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas-MG

9 – Espaço Cultural da Urca

Construído em tempo recorde de 6 meses, o antigo Cassino da Urca foi inaugurado em 1945, uma réplica do Cassino da Urca da cidade do Rio de Janeiro. O local funcionou apenas por 1 ano como cassino, já que a proibição dos jogos se deu em 1946.

O prédio abrigou uma faculdade na década de 60, foi centro administrativo municipal na década de 70 e funciona como espaço cultural desde meados da década de 80. Hoje, o espaço está totalmente restaurado e abriga o Espaço Cultural da Urca, com um teatro com capacidade para 500 pessoas e salões para exposições.

Espaço Cultural da Urca - Poços de Caldas-MG

10 – Relógio Floral

Seguindo os mesmos moldes do Calendário Floral, o Relógio Floral é composto por diversas flores e possui apenas os ponteiros motorizados, marcando a hora atual. No dia da minha visita, o relógio estava funcionando normalmente mas a hora estava errada, não sei se é comum ou se foi um fato isolado.

Relógio Floral - Poços de Caldas-MG

11 – Café Concerto

À direita do Relógio Floral, você atravessa uma pequena ponte, já no Parque José Affonso Junqueira, e chega ao Café Concerto, onde é possível tomar um café da ótima cafeteria Sá Rosa Café, que já ganhou um post aqui no blog. De grande importância histórico-cultural para a cidade, o Café Concerto funciona desde 2000 no prédio que abrigava a antiga Biblioteca Municipal Centenário. Tomar um café curtindo o agradável ambiente do parque é um programa imperdível em seu roteiro pelo centro de Poços de Caldas.

Café Concerto - Sá Rosa Café - Poços de Caldas-MG

12 – Parque José Affonso Junqueira

É um belíssimo parque que abriga o Palace Cassino, possui jardins bem cuidados, fontes luminosas, bancos, playground para a criançada e muitas sombras devido à grande quantidade de árvores. É ótimo para passar a tarde com a família e fazer um piquenique, é um local muito seguro e agradável.

Parque José Affonso Junqueira - Poços de Caldas-MG Parque José Affonso Junqueira - Poços de Caldas-MG

13 – Palace Cassino

Atualmente funcionando como um espaço para eventos, o antigo cassino é um Patrimônio Histórico e faz parte do mesmo conjunto paisagístico e arquitetônico criado por Eduardo Pederneiras, que compreende o Palace Hotel e as Thermas Antônio Carlos. Inaugurado em 1931, era um luxuoso cassino que contava com cineteatro e salões de baile. Impressiona a magnitude do local, que possui amplos salões de belíssima arquitetura e ainda conserva os lustres, salões nobres e azul e a antiga boate azul (hoje teatro), todos eles restaurados em 2009.

Palace Cassino - Poços de Caldas-MG

14 – Teleférico

O passeio de Teléferico é um dos mais legais de Poços de Caldas. Ele parte do Parque José Affonso Junqueira e leva até o topo da Serra de São Domingos, em um percurso de 1500 metros. Com alguns atrativos como o Cristo Redentor e a rampa de voo livre, vale destacar a vista que se tem do topo da serra para a cidade e toda a região ao redor. O percurso de ida e volta custa R$25 por pessoa.

Teleférico de Poços de Caldas-MG - Serra de São Domingos Teleférico de Poços de Caldas-MG - Serra de São Domingos

15 – Basílica de Nossa Senhora da Saúde

A basílica é a igreja matriz da cidade e Nossa Senhora da Saúde é a padroeira de Poços de Caldas. A igreja funciona ali desde 1913 porém a construção atual foi iniciada em 1937. Suas linhas arquitetônicas possuem estilo eclético, neoromântico e foram inspiradas em uma igreja belga. Em 1954, a igreja recebeu o título de Basílica pelo Vaticano. Em 1994, a igreja foi tombada pelo Patrimônio Artístico e Histórico do município e sua última reforma foi concluída em 2016.

Basílica de Nossa Senhora da Saúde - Poços de Caldas-MG Basílica de Nossa Senhora da Saúde - Poços de Caldas-MG

16 – Fearpo (Feirinha) e Fonte dos Macacos

A FEARPO é uma feira de artesanato localizada na Praça Dom Pedro II, onde é possível comprar diversos produtos a preços bem convidativos como malhas, souvenirs, bijuterias, cristais, doces, conservas, salgados e bolos. Nesta mesma praça está a Fonte dos Macacos, uma das mais famosas da cidade, onde brota água do solo a uma temperatura de 41ºC, com características terapêuticas.

Fonte dos Macacos - Poços de Caldas-MG

17 – Balneário Mário Mourão

Ainda na Praça Dom Pedro II está o Balneário Mário Mourão, que oferece banhos e massagens nos mesmos das Thermas Antônio Carlos, porém em ambiente menos luxuoso e com preços mais em conta. Em uma breve consulta, um banho de imersão sai por R$20, por 20 minutos.

Balneário dr Mário Mourão - Poços de Caldas-MG

18 – Mercado Municipal

O Mercado Municipal de Poços de Caldas possui uma infinidade de produtos típicos da região como queijos, manteiga, pimentas, doces, frutas, legumes, verduras e artesanato em geral. Dá pra provar queijos e alguns produtos alimentícios sem compromisso, passando pelas lojas do gênero no interior do mercado. Os preços são mais convidativos que em outros locais de compras já que a concorrência é grande, são quase 250 boxes ao todo.

Mercado Municipal de Poços de Caldas-MG

19 – Fonte das Rosas

Do ladinho do Mercado Municipal está a Fonte das Rosas, uma praça muito lindinha contendo uma fonte no formato de uma rosa. Outro atrativo do local é um telefone público, também em formato de rosa.

Fonte das Rosas - Poços de Caldas-MG

20 – Cristais Ca D’oro

Poços de Caldas também é destaque no que diz respeito à produtos derivados do vidro e do cristal, impossível falar da cidade sem mencionar as diversas lojas de cristais, uma tradição trazida por italianos onde a areia é fundida com sódio e outros elementos, à altas temperaturas, lapidada a transformada em uma peça artesanal. É cada cristal lindo que dá vontade de comprar vários, mas isso requer um investimento maior.

Se não pretende comprar, dá pra visitar algumas lojas e até conhecer o processo de fabricação das peças. Visitei a loja Cristais Ca D’oro, uma das mais tradicionais da cidade e vi algumas peças, mas os preços não estavam nada convidativos e fiquei só na observação mesmo.

Cristais Ca D'oro - Poços de Caldas-MG

21 – Fonte dos Amores

Outro passeio imperdível em Poços de Caldas, a Fonte dos Amores possui diversos fontanários de água mineral e recebe este nome por conta de uma estátua de mármore contendo dois jovens abraçados, retratando o amor. Mas o mais legal deste passeio é mesmo a interação com os macacos, que ficam soltos pela mata ao redor e recebem bananas das mãos dos visitantes, uma experiência incrível.

Fonte dos Amores - Poços de Caldas-MG

Fonte dos Amores - Poços de Caldas-MG

22 – Igreja de São Domingos

A Igreja de São Domingos data de 1952 e possui uma bonita fachada, com linhas arquitetônicas baseadas em igrejas francesas. No interior da igreja há 15 vitrais que, juntos, formam um rosário, além de um mosaico de São Domingos de Gusmão recebendo o rosário de Maria.

Igreja de São Domingos - Poços de Caldas-MG

Tem outras dicas para incluir em meu roteiro pelo centro de Poços de Caldas? Deixe sua opinião nos comentários deste post.

Viagem realizada em abril de 2018

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!