Almoço no tradicional Restaurante Casa Cheia, Belo Horizonte

O restaurante possui diversos pratos vencedores do festival Comida di Buteco e possui duas unidades: uma no Mercado Central e outra na Savassi

Restaurante Casa Cheia

O tradicional Restaurante Casa Cheia é uma das opções para o almoço em Belo Horizonte. São duas unidades, uma no Mercado Central, que funciona desde 1978 e outra na Savassi, inaugurada a cerca de 3 anos. O restaurante possui opções de pratos da culinária mineira, alguns até já foram premiados no festival Comida Di Buteco, que acontece todos os anos em Belo Horizonte.

Um pouco da história

A história do restaurante começa no ano de 1948 quando Dona Maria, filha de italianos começou a trabalhar com seu esposo e vendiam frutas, queijos e doces. Tempos depois, houve uma reforma no Mercado Central e o Casa Cheia ficou em local de difícil acesso, havendo a necessidade da troca de localização.

Esta troca aconteceu e até hoje o Casa Cheia está instalado no mesmo local. Um dos fornecedores de queijo é quem sugeriu à Dona Maria que criasse o restaurante. Ela esteve por anos à frente do restaurante e hoje são os filhos dela que dirigem o local. Dona Maria, hoje falecida, foi eternizada na logomarca do restaurante. Veja aqui a história completa do restaurante.

Restaurante Casa Cheia

Restaurante Casa Cheia

Restaurante Casa Cheia – Savassi

A ideia inicial era conhecer o Casa Cheia localizado no Mercado Central, mas como eu estava hospedado no Radisson Blu, optei por conhecer a unidade localizada na Savassi, pertinho do hotel.

Por ser uma região central, foi difícil encontrar uma vaga por ali para estacionar, mas com muita luta eu consegui.

A unidade Savassi é ampla e sofisticada, com quatro ambientes distintos. Tem até mesa na calçada. Como ia apenas almoçar, optei pela mesa interna. O ambiente é agradável, possui ar condicionado e mesas de madeira. O atendimento dos garçons foi satisfatório, gostei bastante.

Restaurante Casa Cheia Restaurante Casa Cheia

O Restaurante aceita cartões de crédito Visa e Master. A unidade Savassi funciona de segunda à sábado, das 11h às 23h30, domingos e feriados das 11h às 17h. A unidade Mercado Central funciona de segunda à sábado das 10h30 às 18h e domingos e feriados das 10h30 às 13h.

Curiosidades sobre o local

Há mais de 25 anos existe a famosa Mesa 1, reservada todos os sábados, domingos e feriados à uma confraria de amigos da casa, com algumas regras: esposas não podem participar, é proibido pedir dinheiro emprestado e não se pode falar de serviço e família, apenas jogar conversa fora e beber uma gelada.

Cerca de 60% dos clientes do restaurante são frequentadores assíduos, sendo que as mesas são compartilhadas entre todos. Muitas pessoas já se conheceram por lá .

O que comer?

É uma pergunta difícil de responder. O Casa Cheia possui diversos pratos campeões do Comida di Buteco em BH e tem opções pra todos os gostos. A opção que mais me encheu os olhos foi o “Mexidoido Chapado” (R$27,90), prato campeão do Comida di Buteco 2006.

Servido em uma “frigideirinha” super charmosa, o prato é um mexido feito na chapa, com iscas de alcatra, lombo, linguiça caseira, bacon, legumes preparados ao azeite, arroz, ovo frito de codorna e ervas aromáticas. Prato muito bem elaborado, tanto no sabor quanto visualmente.

Restaurante Casa Cheia
Mexidoido Chapado

Kaká e eu pensamos em pedir também “Almôndegas Exóticas” (R$39,90), almôndegas de carne de sol recheada com queijo ao creme de abóbora com manjericão, porém, o garçom informou que o prato Mexidoido Chapado era muito bem servido. E era mesmo! Ficamos apenas com o primeiro prato e comemos muito bem.

Pelo fato do Mexidoido Chapado estar na sessão porções individuais e pelo preço generoso de R$27,90, pensei que o prato seria para apenas uma pessoa, mas dá pra duas pessoas comerem bem.

Almôndegas Exóticas. Foto: Divulgação / Casa Cheia

Outros pratos que fazem muito sucesso por lá são: torresmo de barriga, tradição do mercado, mineirinho valente e feijão mexicano. A cada dia da semana um prato diferente é servido. O Casa Cheia conta ainda com diversas porções para tira-gosto. Tem tudo lá no site da casa.

Na parte de bebidas, Kaká e eu bebemos uma jarra de suco de laranja 500ml (R$7,50). O Casa Cheia possui chopp, cervejas comuns e artesanais, outros sabores de sucos naturais, drinks e carta especial de cachaças.

Restaurante Casa Cheia

O Restaurante Casa Cheia é uma ótima opção para o almoço e possui preços muito bons, com opções de pratos com qualidade e bom atendimento. Gostei muito da minha experiência no local e espero voltar em breve para provar outros pratos.

Restaurante Casa Cheia – Savassi
Rua Cláudio Manoel 784
Savassi – Belo Horizonte/MG
(31) 3234-6921
Restaurante Casa Cheia – Mercado Central
Av Augusto de Lima 744 – Lj 167
Centro – Mercado Central – Belo Horizonte/MG
www.restaurantecasacheia.com.br

Viagem realizada em junho de 2017

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!