Roteiro em Aracaju: o que fazer em 3, 5 e 8 dias

Monte o seu roteiro de acordo com as dicas do blog

roteiro em Aracaju

Aracaju é terra de um povo hospitaleiro, belas praias, atrações culturais, variedade em comidas típicas e ostenta o título de capital nacional da qualidade de vida. Além de uma orla recheada de atrativos, a cidade possui várias opções de passeios e restaurantes, por isso é importante conhecer o que cada atrativo oferece, para então montar o seu roteiro em Aracaju.

Sergipe é o menor estado do Brasil em extensão territorial e isso faz com que ele seja ponto de partida para passeios nos estados vizinhos, Alagoas e Bahia. Este blogueiro esteve por duas vezes no estado e curtiu o que há de melhor para se fazer nesta região, graças ao auxílio de Tia Lu (79)99979-7030, especialista em turismo que sabe tudo de Aracaju e região. Confira o meu roteiro em Aracaju e defina quais atrações mais lhe agradam.

Roteiro em Aracaju

Vou listar atrações para 8 dias, coloquei a ordem de acordo com o que julgo mais importante. Em todos os atrativos há links para o post específico, assim você define os passeios que mais lhe agradam e saberá todos os detalhes da atração.

1º dia – Orla de Atalaia e Projeto TAMAR

A Orla de Atalaia é a principal praia de Aracaju, local onde há a melhor estrutura e a melhor oferta de hotéis da capital sergipana. Caminhar e curtir as atrações da Orla de Atalaia é atividade obrigatória no seu roteiro em Aracaju. É lá que estão os Arcos da Orla, local preferido dos turistas para fotos. Em seus 6 quilômetros de extensão, há quadras, lagos, parques, restaurantes, lanchonetes, feiras de artesanato, pistas de skate, kartódromo e parques infantis.

Arcos da Orla de Atalaia, roteiro em Aracaju-SE,
Arcos da Orla de Atalaia
Leia Mais: Onde se hospedar em Aracaju? Confira 7 opções

É na Orla de Atalaia que está instalada uma base do Projeto TAMAR, que funciona no Oceanário de Aracaju. É um dos principais atrativos da cidade, ótimo para crianças. Se tiver sorte, poderá participar da soltura de tartarugas marinhas ao mar, um grande privilégio. À noite, aproveite para jantar e curtir um forró bem animado no Cariri.

Soltura dos filhotes de tartaruga marinha ao mar, do Projeto TAMAR

Almoço | Algo Mais Beach
Jantar |
 Cariri

2º dia – Croa do Goré e Praia do Refúgio

A Croa do Goré é um banco de areia branca no Rio Vaza-Barris que surge enquanto a maré está baixa. Para chegar até lá, é necessário reservar um passeio de catamarã, que parte da Orla Pôr do Sol, na Praia do Mosqueiro. O passeio ainda leva o turista até a Ilha dos Namorados, outro banco de areia com estrutura completa para toda a família.

Croa do Goré, roteiro em Aracaju
Croa do Goré

Como o passeio termina às 14h, uma boa opção é seguir até o Restaurante Duna Beach, localizado sob as areias da Praia do Refúgio. O restaurante possui ótimo ambiente, com redes, lounges e mesas em frente ao mar, além de ótimas opções no cardápio. De tão gostoso, dá pra passar o restante da tarde toda por ali, curtindo a praia e o visual.

Restaurante Duna Beach

Serviço | Catamarã Croa do Goré
Almoço |
Restaurante Duna Beach
Jantar | Restaurante Pitú com Pirão da Eliane

3º dia – Centro Histórico e Mercados Municipais

O Centro Histórico de Aracaju possui igrejas, museus, praças, palácios e mercados, mas é necessário reservar um transporte, já que as atrações não são tão próximas. Comece indo até os Mercados Municipais para compras de artesanato e iguarias típicas de Sergipe. O Centro Histórico é composto ainda pela Catedral Metropolitana, Palácio e Museu Olímpio Campos, Palácio Fausto Cardoso, Centro Comercial, Capela São Salvador, Colina de Santo Antônio, Centro Cultural de Aracaju, Espaço Zé Peixe e Museu da Gente Sergipana. Aproveite para comer o famoso “camarão de cueca” no Restaurante Caçarola.

Mercados Municipais, roteiro em Aracaju
Mercados Municipais

Almoço | Restaurante Caçarola

4º dia – Cânion do Xingó

O principal atrativo turístico do estado está a 220 quilômetros de Aracaju e são necessários cerca de 3h30min da capital até a cidade de Canindé de São Francisco. É necessário um dia inteiro para realizar o passeio e quem me levou até Canindé foi a Nozes Tur.

O passeio se inicia no Restaurante Karrancas, local de onde partem os catamarãs que levam até os cânions. A embarcação escolhida foi a Patativa de Assaré da MFTUR. O catamarã navega por cerca 1h, enquanto os turistas admiram os paredões em tons alaranjados do Rio São Francisco. Há uma parada para banho, onde são disponibilizados coletes e macarrão flutuante, em uma área cercada e segura.

Cânion do Xingó

Serviço | Nozes Tur e MFTur
Almoço |
 Restaurante Karrancas

5º dia – Mangue Seco

Mangue Seco é uma pequena vila, já no estado da Bahia, que ficou famosa por receber as gravações da novela global Tieta do Agreste. A vila é cercada por dunas, coqueirais e possui praias com extensa faixa de areia e boa estrutura. Outra vez optei pela Nozes Tur, que me levou até o Porto dos Cavalos, onde parte o catamarã rumo à vila. A travessia dura 30 minutos.

Chegando à Mangue Seco, o passeio de buggy pelas dunas é essencial, onde poderá curtir belíssimas paisagens. O passeio termina com um banho de mar na praia.

Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco

Serviço | Nozes Tur
Almoço | Restaurante Fantasias do Agreste (incluso p/ passageiros Nozes Tur)
Jantar | Cantina La Mamma Pizzaria (peça para entregar no hotel – (79) 3024-3585)

6º dia – Parque dos Falcões e Hotel Fazenda Boa Luz

O Parque dos Falcões é um centro de reabilitação de aves de rapina, localizado em Itabaiana, cerca de 40 minutos de Aracaju. O local está totalmente preparado para receber turistas e curiosos, que podem ver e ter contato direto com diversas aves de rapina. O Percílio é quem acompanha os visitantes e o cara conversa com as aves, sério! No fim do passeio, é possível tirar foto com as aves. Chegue ao Parque dos Falcões antes das 9h.

Este blogueiro com Percílio, no Parque dos Falcões
Leia Mais: As delícias da culinária sergipana

No caminho entre Itabaiana e Aracaju está o Hotel Fazenda Boa Luz, no município de Laranjeiras. Com grande extensão territorial, o empreendimento conta com chalés para hospedagem, área de lazer com piscina, parque aquático com piscina de ondas, lago para pesca com pedalinhos, mini fazenda, restaurantes e outros atrativos educativos para as crianças. Quem não quiser se hospedar pode optar pelo day use.

Hotel Fazenda Boa Luz
Hotel Fazenda Boa Luz

Serviço | Crystal Receptivo
Almoço |
 Hotel Fazenda Boa Luz (mesmo que não utilize a estrutura)

7º dia – São Cristóvão e Laranjeiras

Duas importantes cidades históricas, pertinho de Aracaju, porém em lados opostos. São Cristóvão foi a primeira capital do estado e possui um centro histórico rico em igrejas e museus. Não deixe de provar a tradicional queijada. Laranjeiras também possui igrejas e museus porém está mais abandonada que a primeira. Dá pra conhecer as duas em um mesmo dia.

Igreja de Nossa Senhora da Vitória, São Cristóvão
São Cristóvão

Serviço | Crystal Receptivo
Jantar | Restaurante Bada Grill

8º dia – Praia de Aruana e Bairro 13 de julho

A Praia de Aruana não é tão badalada quanto Atalaia mas também possui grande beleza e, pra muitos, é melhor que a Atalaia para sentar na areia e curtir a praia, graças às ótimas barracas de praia que possui. A barraca Mar da Espanha possui ótima infra estrutura e oferece petiscos e bebidas, uma boa opção.

Mar da Espanha, Praia de Aruana, Aracaju-SE
Mar da Espanha, Praia de Aruana

O bairro 13 de julho é um bairro nobre de Aracaju, que possui um belo calçadão. Neste calçadão está o Mirante da 13 de Julho, referência turística da cidade. Do alto do mirante, é possível avistar o Rio Poxim, o mar, os manguezais e outras partes de Aracaju.

Mirante da 13 de Julho

Almoço | Mar da Espanha
Jantar | Rei da Sopa

Gostou do nosso roteiro em Aracaju? Tem alguma sugestão? Deixe um comentário!

Dicas de hotéis

O melhor  lugar para se hospedar é na Orla de Atalaia, é o local que possui a maior oferta de hotéis da capital sergipana. Se você pretende se hospedar em um hotel em frente a Orla e não abre mão do conforto, o Radisson Hotel Aracaju é uma ótima escolha. O hotel número no ranking  do Trip Advisor na cidade é um dos mais confortáveis de Aracaju..

Outra opção confortável na Orla de Atalaia é o novíssimo Comfort Hotel Aracaju, inaugurado em janeiro de 2017. O hotel está novinho e possui ótima estrutura, localizado a cerca de duas quadras da orla.  O Hotel da Costa está de frente para a orla, fica próximo de uma ótima feirinha de artesanato e também oferece boa estrutura, com quartos espaçosos.

Radisson Hotel Aracaju
Radisson Hotel Aracaju

 

Para o viajante econômico, o Ibis Budget Aracaju possui excelente localização e diárias a partir de R$99,00, oferecendo o padrão Íbis, que este blogueiro aprova. O Jatobá Praia Hotel fica no início da Passarela do Caranguejo, a região gastronômica mais movimentada de Aracaju.

O bairro Coroa do Meio fica do ladinho de Atalaia e possui uma opção mais econômica,  o Mar do Farol Praia Hotel, sendo que em 5 minutos de caminhada você estará na Orla de Atalaia. Para viagens a negócios, o Quality Hotel Aracaju possui ótima infra estrutura, também localizado no bairro Coroa do Meio.

Hotel Quality Aracaju

+  Aracaju no Blog Meu Destino:

Saiba tudo sobre Aracaju
Roteiro de 3, 5 e 8 dias em AracajuOrla de Atalaia: A mais bonita do Brasil
Oceanário e Projeto TAMAR
Marinete do Forró
Cariri
Centro Histórico de Aracaju
Mirante da 13 de Julho
Teleférico de Aracaju
Praia do Mosqueiro:
Pôr do Sol de Aracaju
Croa do Goré
SUP Amigos (stand up paddle)
Praia de Aruana
Onde se hospedar em Aracaju
Onde comer em Aracaju
Delícias da Culinária Sergipana
Passeios nos arredores:
Parque dos Falcões
Praia do Saco
Mangue Seco
Cânion do Xingó
São Cristóvão
Boa Luz Hotel Fazenda

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

28 COMENTÁRIOS

    • Oi Juliana,
      Me senti super seguro na cidade, não tiver nenhum problema nem soube de nada que tenha acontecido.
      Me hospedei na Orla de Atalaia e saí a noite a pé, achei super tranquilo.
      Boa viagem!

    • Oi, Juliana! Também vou passar o Carnaval em Aracaju e tb tenho essas dúvidas… vou com meu marido e mais um casal de amigos. Onde vai ficar?
      André, adorei seu site! Obrigada!

  1. Excelente seu blog, parabéns. Me Valeram muito as dicas de Aracaju, estou indo pra lá semana q vem. Me dê uma opinião, para fazer os passeios não seria melhor eu contratar um táxi ou uber? Essa Nozes Tour é boa mesmo? Vc tem outra opção de empresa de turismo? Obrigado

    • Oi Andrea.
      A Nozes Tur é uma ótima empresa, você vai gostar muito dos serviços dele.
      Se houver mais pessoas e conseguir dividir um Uber, creio que fica mais em conta o serviço, porém não sei informar se o serviço funciona bem e se já tem muitos carros disponíveis por lá. Táxi acredito que fique mais caro que as outras opções.
      Muito obrigado pelos elogios.
      Boa viagem!

  2. Valeu André,
    Iremos em quatro pessoas (minha amada Salete, meu irmão Cláudio e minha cunhadinha querida Assumta).
    Suas dicas foram muito legais e úteis.
    Abração.
    Ambrósio.

  3. Aracaju vc pode visitar em 3 dias e tá bom demais.
    Qdo vc pensa em visitar o nordeste, vc vai por cauda de praias.
    A única praia boa e Araúna e só.
    O resto é Rio, lagoa, croa do core, centro cultural, cidade histórica.
    Pra que viajar 7 horas pra ver o RIO são Francisco, cansativa viagem pra ficar 2 horas no RIO.
    Vim fiquei 3 dias e meio , desses 2 dias e meio na praia de Araúna.
    Talvez nunca mais volte aqui.

    • Oi Ernani.
      Respeito sua opinião mas discordo.
      Nordeste não é só praia, Nordeste também é cultura, é boa gastronomia, é viajar no tempo através de belos centros históricos, é conhecer as maravilhas na natureza (como o Cânion do Xingó).
      Cada um tem uma maneira de curtir a sua viagem e Aracaju é um destino completo com um pouco de cada coisa.
      Um abraço e obrigado pela sua opinião!

      • Muito elegante sua resposta! Parabéns! Também concordo que nordeste não é só praia. Infelizmente muitos brasileiros não valorizam a cultura, a gastronomia e os costumes do nosso povo. Os estrangeiros chegam, valorizam, apaixonam-se e voltam! Por que será?
        Obrigada por suas dicas! Irei agora no final do mês e pretendo aproveitar todas elas!
        Abraços!

  4. Gostei das dicas muito bom, mais pergunto tudo esse roteiro sai por quanto ??? para uma pessoa. pretendo chegar ai em janeiro de 2019.

    • Oi Ana Carolina, sim é possível utilizar o transporte público para realizar os deslocamentos.
      Confesso que não utilizei pra saber a eficiência do serviço mas ouvi falar que funciona bem.

  5. Oi André, estou pensando em ir no feriado de novembro para Aracaju, gostaria de saber o que consigo fazer durante esse período e se é necessário aluguel de carro, tenho um filho de 1 ano e minha preocupação é quanto a alimentação também, pois ainda tem alimentação um pouco restrita. Aconselha a compra de pacotes de viagem?

    • Oi Bianca.
      O roteiro acima tem diversas opções, como está com criança, aconselho fazer as atividades em Aracaju, talvez um dia em Mangue Seco seja legal com seu pequeno. A questão de alugar um carro (ou não) vai depender das atrações que quer visitar. Para a alimentação de seu filho, na Orla de Atalaia tem ótimos restaurantes. Os pacotes de viagem são uma comodidade, você paga e recebe a viagem pronta, mas isso tem seu custo. Eu como blogueiro não compro pacotes de viagem, gosto de conhecer os lugares no meu tempo, à vontade, e não com hora marcada pra chegar e sair em um determinado lugar, isso vai de cada um.

Comente!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.