Como chegar à Mangue Seco-BA, terra de “Tieta do Agreste”

Mangue Seco é uma praia localizada no extremo norte da Bahia, é a última praia antes da divisa com o estado de Sergipe. Ela está a cerca de 65km de Aracaju e 250km de Salvador, por isso, o destino é mais procurado por turistas que visitam a capital sergipana.

A praia ganhou fama na década de 80, quando a Rede Globo veiculou a novela “Tieta do Agreste”, inspirada em um romance de Jorge Amado com várias cenas gravadas nesta praia. De lá pra cá, algumas coisas mudaram por lá, mas as belezas naturais e as características de vila de pescadores permanecem vivos nesta bela praia.

Durante minha primeira visita à Aracaju, pude avistar Mangue Seco de longe através da Praia do Saco, no extremo sul de Sergipe. As duas praias são “vizinhas”, porém em estados diferentes, com belezas naturais semelhantes.

Como chegar à Mangue Seco à partir de Aracaju

Mangue Seco pertence ao município baiano de Jandaíra, margeada pelo Rio Real que separa os estados da Bahia e Sergipe. Acessível apenas por barco, o primeiro passo é seguir até o Atracadouro Porto dos Cavalos ou o Pontal, local de onde partem as embarcações.

Se você não possui um veículo, a melhor opção é comprar o passeio com agências de turismo. Indico a Nozes Tur, a maior agência de turismo de Aracaju, que oferece serviço de transporte receptivo em vans e ônibus. Comprando o passeio, você não precisa se preocupar com a estrada, com a travessia de barco (já explico!) e nem com o almoço, a empresa organiza tudo isso.

A Nozes Tur irá te buscar no hotel e te levará até o Atracadouro Porto dos Cavalos. Lá, você embarcará em um catamarã que faz a travessia até Mangue Seco, navegando pelas águas do Rio Real. Este catamarã é exclusivo para os passageiros da Nozes Tur, assim não é necessário esperar a embarcação encher para que a partida seja realizada. Todo o passeio é acompanhado por um guia.

Catamarã exclusivo da Nozes Tur

A travessia dura cerca de 30 minutos e são comercializadas bebidas.

Mangue Seco

A primeira vista que se tem de Mangue Seco através do catamarã já deixa o turista animado, dunas, coqueirais, casas de veraneio e grande beleza natural. Mesmo com toda fama, Mangue Seco é ainda uma vila de pescadores com aproximadamente 200 habitantes, com ruas de areia fina e macia e construções rústicas.

No pequeno centro da vila, há uma igreja e um shopping, isso mesmo, com 200 habitantes Mangue Seco tem um shopping, e digo mais, com ar condicionado. No canto direito da foto abaixo dá pra visualizar o shopping.  😕

Mangue Seco

Brincadeiras à parte, não há muito o que fazer por ali. Ao desembarcar do catamarã, fui até a Pousada e Restaurante Fantasias do Agreste, onde os passageiros da Nozes Tur são recepcionados com sucos de frutas típicas da região.

Pousada Fantasias do Agreste

Passeio de Buggy

É a melhor parte do passeio à Mangue Seco. Siga pela calçada de pedra, onde o desembarque é realizado e chegará até a cooperativa de bugueiros. O passeio não é obrigatório, mas é essencial. Para curtir as belezas naturais e a praia de Mangue Seco, somente através de buggy. Não esqueça o protetor solar!

Mangue Seco

São três opções de passeios e vou explicar qual a diferença entre eles, lembrando que cada buggy leva até 4 pessoas, o valor abaixo é o valor total do buggy:

R$90,00 o buggy A opção mais em conta faz parada no Mirante Bela Vista e nos Coqueiros Romeu e Julieta e finaliza no banho de mar na praia de Mangue Seco. O passeio dura cerca de 20 minutos. Melhor investir um pouco mais e curtir uma opção mais completa.

R$130,00 o buggy – Esta é a melhor opção. O passeio dura cerca de 45 minutos, tempo ideal para curtir os melhores atrativos, sem pressa, com uma boa parada para banho na praia.

R$170,00 o buggy – Esta opção passa por todos os lugares do passeio de R$130 mas dura mais tempo, cerca de 1h30. Além de ser mais caro, você curtirá menos a praia.

Roteiro do buggy de R$130

A primeira parada é no Mirante Bela Vista, para fotos.

Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco

A segunda parada é no esquibunda, onde há duas pranchas para praticar a atividade, monitorada por dois guias. Aproveite para se divertir e descer duna abaixo, é grátis. Eu desci por duas vezes e consegui guiar a prancha, sem tombos. Já a Kaká não teve a mesma habilidade e saiu rolando pela areia. Ainda bem que a areia é fininha.

Esquibunda em Mangue Seco

As próximas paradas são na Duna Pôr do Sol e no Morro do Caju, este último é a duna mais alta da região e rende lindas fotos.

Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco
Passeio de buggy em Mangue Seco

Os coqueiros Romeu e Julieta ficam lado a lado e, segundo o bugueiro, apareciam na abertura da novela Tieta do Agreste.

Romeu e Julieta, Mangue Seco
Romeu e Julieta, Mangue Seco

Mangue Seco

A última parada do passeio é para banho, na praia. O buggy deixa o turista em um local com boa estrutura, o Restaurante Asa Branca que também está presente na Praia do Saco. O bugueiro combina com o turista o horário de retorno.

A estrutura conta com várias mesas, lounges cobertos com palha e redes. O cardápio possui opções de bebidas, petiscos, caldos e almoço.

A cerveja de garrafa estava bem gelada, mas é preciso desapegar do dinheiro, custa R$9. Provei um pastel de aratu (R$7,5) e a Kaká um de carne (R$7,8). O pastel foi apenas para despistar o estômago pois o passeio inclui almoço.

Praia de Mangue Seco

A praia possui extensa faixa de areia e mar um pouco agitado, com ondas fortes. O prazo de permanência na praia depende muito do passeio de buggy escolhido, no meu caso foram 2 horas, que passam voando. A praia é muito gostosa de se estar, venta bastante e as redes são um convite ao descanso.

Mangue Seco
Kaká curtindo a gostosa rede, com o mar ao fundo

No horário combinado, o bugueiro nos buscou para retornarmos à cooperativa. Mas o passeio ainda não acabou. A Nozes Tur oferece um almoço, servido naquela pousada onde os turistas foram recepcionados, Fantasias do Agreste.

Incluso no valor do passeio, o almoço é com comida caseira, simples, mas é uma delícia. As opções são arroz, feijão, macarrão, peito de frango, pirão, moqueca de peixe, rabada e salada. As bebidas são pagas à parte. O prazo para o almoço é de 1 hora, então, almocei logo e aproveitei os últimos minutos para passear pela pequena vila, passando pela igrejinha e pelo “shopping”.

Almoço na Pousada Fantasias do Agreste
Almoço na Pousada Fantasias do Agreste

Após o almoço, o guia da Nozes Tur convida à todos para embarcar no catamarã e fazer o caminho de volta.

Vale a pena reservar com agência de turismo?

Fiz as contas, no meu caso valeu muito a pena. Se eu fosse alugar um carro (R$120), pagar o combustível (R$50), o catamarã (R$ 40 pra dois) e o almoço (R$50) o valor ficaria em R$260. O valor do pacote do passeio com a Nozes Tur é R$130 por pessoa, mas havia uma promoção em que o valor caiu para R$115, totalizando R$230 (Kaká e eu).

O pacote inclui o transporte até o Atracadouro Porto dos Cavalos (buscando no hotel), a travessia de catamarã e o almoço. E também saí ganhando no passeio de buggy, pois dividimos o valor de R$130 com outro casal que foi com agente no ônibus. Durante a ida, o guia da Nozes já organiza os buggy´s para agilizar e dividir o valor.

Mangue Seco, é um lugar especial, com belezas naturais de tirar o fôlego. Vale a pena reservar um dia de sua viagem à Aracaju para conhecer esta bela praia baiana. Para reservar o seu passeio, acesse o site da Nozes Tur (www.nozestur.com.br).

Viagem realizada em janeiro de 2017

Nos arredores de Mangue Seco

Aracaju - Saiba tudo sobre a capital do Sergipe
Estância/SE - Praia do Saco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!