Parque dos Falcões, um passeio imperdível pertinho de Aracaju

O parque funciona como centro de reabilitação de aves de rapina mas possui estrutura para receber visitantes, com agendamento prévio

O Parque dos Falcões é um centro de reabilitação de aves de rapina, localizado no município de Itabaiana, cerca de 45km de Aracaju. Sim, eu sei que você já ouviu muita coisa ruim sobre as aves de rapina, que algumas são presságios de coisas ruins, mas o seu conceito vai mudar depois de visitar este local.

O parque existe há mais de 15 anos sendo um dos poucos no Brasil autorizados pelo IBAMA a criar essas espécies em cativeiro. O local é preparado e tem estrutura para receber os turistas, podendo ver e ter contato com algumas espécies.

História do Parque dos Falcões

Tudo começou quando Percílio, aos 7 anos de idade, ganhou um ovo de Carcará. Deixou uma galinha chocar este ovo durante 28 dias, quando nasceu Tito, seu primeiro grande amigo. Hoje Tito tem 27 anos e o Parque dos Falcões conta com mais de 300 aves, entre gaviões, falcões, corujas, pombos, etc.

Parque dos Falcões
Parque dos Falcões

No ano de 1999, Percílio ganhou a companhia de Alexandre, que o ajuda no processo de reabilitação das aves e nas visitas guiadas dos turistas ao local. O parque é muito conhecido por turistas, biólogos e pesquisadores do Brasil e do mundo e tem como objetivo principal proteger as espécies de aves de rapina, sendo referência mundial no manejo, reprodução e reabilitação desses animais.

Parque dos Falcões
Percílio (esq.) e Alexandre (dir.)

O Percílio conversa com os animais, é sério! Eu fiquei impressionado com os diálogos entre eles, bastava o Percílio falar o que queria e as aves o obedeciam, esse cara é um iluminado. E o carinho que ele tem com os animais (que é recíproco) me encantou e mudou meu conceito em relação as aves de rapina.

Apesar do sotaque sergipano ser de fácil entendimento, eu não conseguia entender muito bem o que Percílio falava. Mas as aves entendem, e isso é o mais importante. E ele conversa com todas elas, chama pelo nome, vai em todas as gaiolas, faz um carinho e as aves correspondem. Ele sabe o que as aves dizem e o que sentem. Incrível! Não me peça para explicar como ele faz isso, mas garanto que ele faz.

Parque dos Falcões Parque dos Falcões Parque dos Falcões

Reabilitação de aves

As aves chegam ao local após passarem por fortes traumas, mutilações e o trabalho do Parque dos Falcões começa na recuperação dessas aves, tornando-as dóceis, afetuosas e reproduzindo filhotes saudáveis. De tão dóceis, as aves ficam no ombro dos visitantes, sem luvas, como é exigido em outros locais.

O trabalho de Percílio para reabilitação dessas aves é realizado na base do carinho, diferente da técnica de falcoaria.

Parque dos Falcões
Parque dos Falcões

Como é a visita

O passeio se inicia através de uma sala de vídeo, onde o visitante aprende um pouco mais sobre a histórias desses animais. Em seguida, o guia Alexandre leva todos os visitantes às gaiolas onde estão a grande maioria das aves, explicando uma a uma, a história, as características e o comportamento de cada uma.

Parque dos Falcões Parque dos Falcões Parque dos Falcões

Parque dos Falcões

Existem ainda alguns animais que ficam soltos no parque mas nenhum deles ataca os visitantes que estão devidamente autorizados. Há um lago com alguns peixes e outras espécies de animais e todos eles vivem em harmonia, sem brigas.

Após passar por todas as gaiolas e ouvir as ótimas explicações, é possível tirar fotos com alguns animais na mão, no ombro e até na cabeça. As crianças também adoram o contato direto com as aves, é um passeio pra família inteira curtir.

Parque dos Falcões

Parque dos Falcões
Crianças também tem contato direto com alguns animais

Se a sua visita acontecer na parte da manhã, poderá participar de uma apresentação de vôo de algumas aves, onde Percílio mostra um pouco do treinamento delas. Aproveite também para curtir o belo visual ao redor do Parque dos Falcões.

Parque dos Falcões
Percílio realizando um vôo com algumas aves
Parque dos Falcões
Aproveite para curtir o visual ao redor do parque

É muito interessante saber mais sobre a vida desses animais e aprendi muita coisa, uma experiência incrível!

Como chegar

O Parque dos Falcões fica no Povoado Gandú, no município de Itabaiana, cerca de 45km de Aracaju. Partindo de Aracaju, siga pela BR235 sentido Itabaiana, entrando em uma estrada de terra à direita, há placas na rodovia indicando o acesso. Cheguei até lá pelo Google Maps, coloquei o destino final “Parque dos Falcões” e cheguei sem problemas..

Aluguei um carro, fiz o Parque dos Falcões na parte da manhã e o Hotel Fazenda Boa Luz na parte da tarde, na cidade vizinha de Laranjeiras.

Parque dos Falcões
Parque dos Falcões

Ingresso / Informações

O ingresso para o Parque dos Falcões custa R$20,00 por pessoa. As visitas ocorrem nos horários de 9h e 14h e devem ser previamente agendadas nos telefones que estão no fim do post.

Há a possibilidade e integrar a visita ao parque com um passeio orientado pelas trilhas da Serra de Itabaiana, com belas cachoeiras, poços e paisagens.

Este blogueiro com Percílio, “o cara”

O passeio ao Parque dos Falcões é imperdível e fica pertinho de Aracaju. A dica é fazer o passeio na parte da manhã, para curtir outros atrativos na parte da tarde.

Parque dos Falcões
BR 235, km 42, Povoado Gandú
Itabaiana/SE
(79) 99962-5457 / 99885-2522 / 99131-3496
www.parquedosfalcoes.com.br

Viagem realizada em janeiro de 2017

Curta nossas redes sociais:
Facebook – Twitter – Instagram – Youtube – Flickr – Feed


+  Aracaju no Blog Meu Destino:

Saiba tudo sobre Aracaju
Roteiro de 3, 5 e 8 dias em AracajuOrla de Atalaia: A mais bonita do Brasil
Oceanário e Projeto TAMAR
Marinete do Forró
Cariri
Centro Histórico de Aracaju
Mirante da 13 de Julho
Teleférico de Aracaju
Praia do Mosqueiro:
Pôr do Sol de Aracaju
Croa do Goré
SUP Amigos (stand up paddle)
Praia de Aruana
Onde se hospedar em Aracaju
Onde comer em Aracaju
Delícias da Culinária Sergipana
Passeios nos arredores:
Parque dos Falcões
Praia do Saco
Mangue Seco
Cânion do Xingó
São Cristóvão
Boa Luz Hotel Fazenda
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!