Mercado de Cervejas Artesanais em Divinópolis está em alta e conquista público

O sucesso é tão grande que a cidade já conta com vários pubs especializados em cervejas "especiais"

Cerveja Artesanal é aquela produzida de forma “caseira”, com maior cuidado na hora de sua preparação. No Brasil, ao ouvir o termo “Cerveja Artesanal”, logo pensamos em uma cerveja especial, bem cuidada e com resultado final diversificado e interessante. O mercado de cervejas artesanais em Divinópolis está em alta e vem ganhando cada vez mais espaço nas prateleiras de supermercados, além de pubb’s especializados em vender apenas as artesanais.

As cervejas artesanais são diferentes das industrializadas e se destacam pela cor e aroma, geralmente são fabricadas em casa, com produção de 20 a 40 litros por vez. É chamada de “cerveja especial” e não é por menos se levarmos em conta todo o cuidado na hora da fabricação, os ingredientes básicos da cerveja, a receita do preparo e os conservantes naturais.

Com este mercado em constante crescimento, vários cursos de fabricação de cervejas artesanais são oferecidos em todo o Brasil e a atividade vem ganhando mais adeptos a cada ano. No Recife, há até uma rota turística para visitação das fábricas de cervejas artesanais, conhecida como Recife Beer Tour.

Cervejas Artesanais em Divinópolis
Cervejas Artesanais. Foto: Agência Terra Turismo

Provando as cervejas artesanais

Eu assumo, gosto muito de uma cerveja bem gelada, ainda mais neste calorão, é refrescante e relaxante. Mas com as cervejas artesanais a história é um pouco diferente, assim como acontece com os vinhos, as cervejas artesanais são para degustar. Não sou totalmente adepto das cervejas artesanais, ainda estou aprendendo a degustar e harmonizar.

Alvim Bier
Alvim Bier

Dicas para degustar

Existem opções doces, amargas, cítricas, e o recomendado é não beber a sua cerveja artesanal estupidamente gelada, deixe ela “esquentar” alguns minutinhos para que as características se pronunciem.

Vale observar se o líquido é cristalino ou turvo e até cheirar a bebida, não precisa ter vergonha de aproximar o nariz do copo. Terminada a cerveja, preste atenção no gosto que fica na boca, geralmente diferente do início da degustação.

Alvim Bier Blond Ale
Alvim Bier Blond Ale

Alvim Bier

Semanas atrás descobri que a família de um amigo dos tempos de escola está fabricando cervejas artesanais, a Alvim Bier. Fernando Alvim começou fazendo em casa, na panela, no fogão, de forma bem artesanal. Com os vários elogios de amigos, ele decidiu criar a marca e colocar a cerveja no mercado.

Começou com uma produção pequena, mas hoje, a Alvim Bier já trabalha em nível industrial, com capacidade para mil litros. A ideia é expandir o negócio, que já conta com mais de dez estabelecimentos parceiros, que comercializam o produto.

Alvim Bier Red Ale
Alvim Bier Red Ale

Fernando é de Divinópolis mas atualmente mora em Belo Horizonte e é lá que produz a Alvim Bier. Entrei em contato com o Miguel, irmão de Fernando, para encomendar o meu kit, que vem com três opções:

Alvim Bier Red Ale – Cerveja filtrada que se destaca pela cor avermelhada, com aroma de malte lembrando biscoito, caramelo e cereais. É uma cerveja leve com teor alcoólico 4,8%. Harmonize com carne assada, pizza e grelhados.

Alvim Bier Blond Ale – De cor amarelo claro é uma cerveja refrescante, com notas cítricas e florais provenientes do lúpulo esloveno Golding. Um final seco e suavemente amargo. Harmonize com frutos do mar e culinária japonesa, salmão cru ou levemente grelhado são uma combinação perfeita.

Alvim Bier Weiss – Cerveja de trigo com aromas frutados como banana e levemente picante. Espuma consistente com um final condimentado lembrando cravo. Harmonize com saladas de folhas e/ou frango assado sem molho. Sobremesas com banana, cravo e canela também são ótimas combinações.

Alvim Bier Blond Ale, Red Ale e Weiss. Foto: Alvim Bier
Alvim Bier Blond Ale, Red Ale e Weiss. Foto: Alvim Bier

Provei as três marcas e curti mais a Red Ale que harmonizou muito bem com uma costela assada ao barbecue. A Weiss harmonizou com tomates “sweet grapes” e nenhuma das duas harmonizou com queijos. Como eu ainda estou em fase de aprendizagem, fui provando as cervejas com alguns ingredientes e testando a harmonização. A Weiss possui um gosto mais forte por ser de trigo. A Blond Ale ainda vou experimentar, irei harmonizar com frutos do mar.

Se você quiser provar a Alvim Bier, poderá entrar em contato com eles através do site oficial ou ir até um dos estabelecimentos parceiros (fim do post).

Onde comprar cervejas artesanais em Divinópolis

Como já disse, cada vez mais os supermercados abrem espaço para este mercado em suas prateleiras. Mas em Divinópolis há bares voltados só para cervejas artesanais que oferecem opções de harmnização. Confira onde comprar cervejas artesanais em Divinópolis:

  • Hicks Artesanais – R. Engenheiro Benjamim de Oliveira 163 – Bairro Esplanada
  • Scotts – Av. Coronel João Notini, 418 – Centro
  • Conveniência Posto Mourão – R. Minas Gerais, 1426 – Centro
  • Emporio Dunga Av. 21 de Abril, 1050 – Centro
  • MegaMalte Cervejas Especiais – R. Espírito Santo, 637 – Centro
  • Mega 24h – Av. Antº O.de Morais, 859 – Centro
  • BierHaus – Rua Paraíba, 820 – Centro
Alvim Bier Weiss
Alvim Bier Weiss

Como eu ainda estou em fase de aprendizagem, quero apreciar também outras marcas de cervejas artesanais em Divinópolis, aproveitando os pubs especializados. Tenho planos de conhecer também as fábricas das cervejas Wäls e Backer, artesanais fabricadas em Belo Horizonte. As duas possuem tour guiado pela fábrica aos sábados, com espaço para comercialização e degustação.

E você, também curte cervejas artesanais? Já provou alguma? Gostou? Conte como foi a sua experiência nos comentários.

—————Curta nossas redes sociais—————
Facebook – Twitter – Instagram – Youtube – Flickr – Feed


+ Divinópolis no Blog Meu Destino

Conheça Divinópolis
– O que fazer
Igrejas e Museus
– Museu Histórico de Divinópolis
– Museu GTO (Geraldo Teles de Oliveira)
Onde comer em Divinópolis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

Comente!