Relato de Viagem: Orlando, Estados Unidos

Recebemos mais um relato de viagem, dessa vez para Orlando e quem conta pra gente é a Larissa Pereira de Fortaleza/CE

Uma grande amiga que mora em Fortaleza me enviou um Relato de Viagem: Orlando, um local que é o sonho de muita gente. A Larissa Pereira mora na capital cearense e fez a sua primeira viagem internacional, começando com o pé direito, a tão sonhada Disney.

Relato de Viagem: Orlando

Por Larissa Pereira

A minha viagem foi em setembro de 2016, fui com minha irmã e meu cunhado. Decidi que estava na hora de conhecer o mundo, depois de muitas viagens nacionais. Então coloquei o pé na” estrada ” e #partiu.

Voo

Fomos de Latam num voo direto pra Orlando com duração de 7 horas mais ou menos com 2 refeições bem servidas, tanto na ida quanto na volta. Voo super tranquilo e sem nenhum problema na imigração. Somente eletrônicos que eles querem ver e líquidos até 100 ml dentro de algum saquinho transparente.

relato-de-viagem-orlando-disney-estados-unidos-2

Transporte

Alugamos e indicamos um carro pela Álamo, localizada junto às outras locadoras (Rent A Car), do outro lado do aeroporto. Para facilitar, pegamos um trem e várias esteiras rolantes. Furamos o pneu do carro e foi feita a troca do carro sem problemas e sem taxas. É só se dirigir a Álamo mais próxima, no caso de Orlando, a mais próxima fica perto do Magic Kingdom.

Avise que vai na Álamo que eles não cobram o estacionamento. Ahh e não se esqueça que é necessário ter o cartão internacional pra calção do carro, que segura 91 dólares para um carro tipo Corolla ou similar. Com GPS, conseguimos facilmente chegar em todos os lugares.

A gasolina por lá é barata, gastamos cerca de 100 dólares no total. De Miami pra Orlando são 3h30 com estrada boa e muitos radares. Há 2 pedágios que custam cerca de 18 dólares (os dois) por trecho.

Relato de Viagem: Orlando
Larissa em Orlando

Hospedagem

Nos hospedamos no Hotel Serelago que fica na cidade de Kissimmee, muito bem localizado (perto dos parques) com muitos shoppings pequenos próximos a ele. Ao meu ver, não compensa gastar muito com hotel porque é um lugar que você vai somente para dormir. No Hotel Serelago, o quarto me agradou bastante e possui geladeira e forno. Vale a pena o custo-benefício.

Indico deixar 1 dólar de gorjeta pra camareira todo dia. Ahhh e pelo menos o café da manhã faça no quarto mesmo, compre as coisas no Walmart, pra não perder tempo dos parques ou compras. Até porque o café da manhã lá não é igual o nosso e bem carinho por volta de 20 reais por pessoa.

Relato de Viagem: Orlando
Relato de Viagem: Orlando

Compras

Vale a pena conhecer todos os pequenos shoppings. Os principais são o Outlet Premium (tem dois) e o Florida Mall, com brasileiros em quase todas as lojas.

As lojas imperdíveis são: Tommy, Adidas, Tjmax, Walmart, Watch Station, Kipling, MK, Kate Spade, Guess, Polo, Victoria Secrets e Ultra.

É claro que isso é uma escolha pessoal, depende do que cada pessoa procura. Em cima dos preços tem ainda 7% de taxa.

relato-de-viagem-orlando-disney-estados-unidos-3

Parques

Todos os parques de Orlando cobram estacionamento, 20 dólares. Compre o ingresso antes e leve impresso. Tempo vale dinheiro no parque então faça uma programação de todas as atrações que quer conhecer e que são boas.

Assim que entrar nos parques da Disney, faça seu Fastpass nos guichês que tem espalhados pelo parque, isso facilitará sua vida. Escolha as atrações mais concorridas. Os parques da Disney são mais específicos para crianças, principalmente o Magic Kingdom. O Hollywood Studios é mais interessante pra adultos.

O Universal e o Adventure Island não possuem Fastpass e eles vendem um express de 70 a 90 dólares, na minha opinião um furador de fila muito caro, quase o valor do ingresso. Vale a pena é comprar o ingresso Park to Park, que dá acesso ilimitado de um parque para o outro.

Repito que é importante pesquisar com quem já foi, para saber quais as melhores atrações e assim montar uma programação pro dia no parque.

relato-de-viagem-orlando-disney-estados-unidos-4

Alimentação nos parques

Tem áreas de alimentação em todos os lados do parque. Indico Picolé do Mickey e a Pia do Mickey. O restaurante do Pinóquio um restaurante irlandês na Universal são ótimas pedidas. Leve uma garrafinha de água pra economizar, o parque possui vários bebedouros, assim já economiza na água.

Separe por dia cerca de 50 dólares para alimentação.

relato-de-viagem-orlando-disney-estados-unidos-6

Alimentação fora dos parques

Café da manhã não recomendo, mas vá um dia no Dennis, somente para conhecer. Jantar e/ou almoço, o melhor lugar de todos é o Oliver Garden, seguido pelo Perkings. Todos os restaurantes incluem na conta os 15% 20% de gorjeta. Não é obrigado mais é bom dar.

Dicas finais

A viagem é longa e cansativa. Indico somente uma boa programação e lembre você está de férias, então aproveite! E não fique convertendo tudo do dólar pro real, pois quem converte não se diverte. 😘😘😘

relato-de-viagem-orlando-disney-estados-unidos-7


—————Curta nossas redes sociais—————
Facebook – Twitter – Instagram – Youtube – Flickr – Feed


Envie você também o seu relato de viagem para ser publicado aqui no blog. Basta enviar o relato com as fotos próprias para andremorato@blogmeudestino.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

André Morato
Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog. Saiba mais...

1 COMENTÁRIO

Comente!