Mina de Ouro da Passagem em Mariana/MG

barra_projeto

Este post faz parte do projeto “Nos Caminhos de Minas”  www.blogmeudestino.com/caminhosmg , desenvolvido pelo BlogMeuDestino.

A maior mina de ouro aberta a visitação pública no mundo está em Minas Gerais, na cidade de Mariana, bem próxima à Ouro Preto. Fundada em 1719 e desativada em 1985, a Mina da Passagem leva o turista a fazer uma viagem no tempo, de onde foram retirados mais de 35 toneladas de ouro. A Mina da Passagem é a mais antiga e mais importante mina de ouro do Brasil.

mina_da_passagem_mariana_mg (1)

Um pouco da história da Mina da Passagem:

“A descoberta de ouro na região data do século XVIII. Em 1729, subindo o Ribeirão do Carmo, bandeirantes acharam as primeiras jazidas. Quase 100 anos mais tarde, o barão W.L. Von Eschwege criou a primeira mineradora do Brasil, sob o nome de Sociedade Mineralógica da Passagem. Foi no início do século XIX que surgiram os planos de exploração subterrânea. Após passar por diversos donos, em 1927 a mina foi vendida ao Grupo Ferreira Guimarães, de tradicionais banqueiros do estado, que a transformou na atual Companhia Mina da Passagem. Ela operou com sucesso até 1954, quando foi desativada. Estima-se que tenha rendido cerca de 35 toneladas de ouro. Nos anos seguintes, novas tentativas de exploração ocorreram, todas infrutíferas. A atual família proprietária, os Rodrigues, tentou voltar a explorá-la no fim da década de 70, mas acabou descobrindo um novo filão valioso: o turismo.”

Fonte: vejabh.abril.com.br

Desde que foi aberta à visitação pública, turistas do mundo inteiro chegam em grande número (cerca de 300 por dia), podendo ver de perto resquícios do passado de Minas Gerais.

Para chegar até a mina, pegue a MG262, estrada que liga Ouro Preto à Mariana e no caminho você verá uma placa indicando a entrada para a mina. O local possui amplo estacionamento e um funcionário fica por conta do estacionamento.

Placa que facilita o acesso

Placa que facilita o acesso

Amplo estacionamento

Amplo estacionamento

Na recepção antes mesmo de começar o passeio, já me surpreendi com o cofre do local, datado do século XVIII. Todo visitante deve se dirigir até lá, para adquirir seu ingresso.

Cofre centenário

Cofre centenário

mina_da_passagem_mariana_mg (3)

Após passar pela recepção, siga pelo local indicado pela recepcionista e alguns metros depois você chegará até o trolley, usado pelos mineiros a mais de 200 anos e agora é utilizado para os turistas chegarem até a mina. A descida para as galerias subterrâneas de trolley é uma aventura à parte, bem íngrime e percorre 315 metros até atingir os 120m de profundidade. A descida não dura mais que 4 minutos. O trolley se desloca com a ajuda de um motor a vapor, inglês de 1883.

mina_da_passagem_mariana_mg (5)

mina_da_passagem_mariana_mg (23)

Motor a vapor de 1883

Motor a vapor de 1883

mina_da_passagem_mariana_mg (8)

A temperatura dentro da mina é estável e fica entre 17ºC e 20ºC durante o ano inteiro. O passeio dura em média 30 minutos.

Após descer do trolley, você se sentirá no cenário de um filme, com os grandes túneis criados com as explosões da época da exploração. Um guia irá acompanhar você durante todo o passeio, explicando todos os detalhes da mina, mostrando algumas ferramentas e contando algumas histórias da época. Uma destas histórias é de um capitão Jack que sumiu após uma explosão e nunca mais foi encontrado. Dizem que sua alma ficou presa dentro da mina e as vezes ele aparece vestido de branco em um cavalo disparando fortes luzes em busca de seu tesouro.

mina_da_passagem_mariana_mg (13)

Ferramenta utilizada na época da exploração

Ferramenta utilizada na época da exploração

Ferramenta utilizada na época da exploração

Ferramenta utilizada na época da exploração

mina_da_passagem_mariana_mg (20)

Há uma imagem de Santa Bárbara em um corredor próximo ao trolley, pois esta era a santa protetora dos mineiros.

Santa Bárbara

Santa Bárbara

Dentro da mina há um lago natural que é muito bonito e mais se parece um espelho d´água, pois a água é cristalina. Este lago, que foi formado após perfuração do lençol freático, pode ser utilizado para a prática de mergulho e chega a 74 metros de profundidade. A Dive Gold é a empresa que realiza o mergulho dentro da mina e este deverá ser agendado com antecedência.

mina_da_passagem_mariana_mg (19)

mina_da_passagem_mariana_mg (18)

Estrutura para mergulhadores

Estrutura para mergulhadores

mina_da_passagem_mariana_mg (17)

Perguntei ao guia se em algum momento eu iria ver ouro dentro da mina e ele me disse que se eu encontrasse era pra avisá-lo, pois ele também tem interesse (rsrsrs). Algumas pedras douradas enganam os turistas que acreditam ser ouro mas na verdade é pirita. O guia me explicou que a pirita brilha e o ouro é fosco.

Depois de desvendar os segredos da Mina da Passagem, é hora de voltar, novamente pelo trolley. Após a saída, poderá passar por um museu que fica no caminho de volta e conhecer algumas antiguidades. Vale a pena, é bem bacana!

mina_da_passagem_mariana_mg (6)

mina_da_passagem_mariana_mg (24)

Ao lado deste pequeno museu, há uma loja que vende algumas pedras, lembranças da mina e água.

Após, basta pegar o mesmo caminho por onde entrou e seguir até o estacionamento.

A decepção ficou por conta do restaurante que está desativado. Tinha planejado almoçar por lá mas acabei almoçando em Ouro Preto.

mina_da_passagem_mariana_mg (21)

A Mina da Passagem fica aberta às segundas e terças das 9h às 17h e de quarta à domingo das 9h às 17h30. O ingresso custa R$30,00 por pessoa. Crianças até 6 anos tem entrada gratuita e de 6 a 12 anos pagam R$26,00. A mina está localizada à Rua Eugênio Eduardo Rapallo, 192, Passagem de Mariana, Mariana/MG.

Mais informações no site www.minasdapassagem.com.br ou pelo telefone (31) 3557-5000.

Viagem realizada em outubro de 2013.

Curta nossa FanPage no Facebook www.facebook.com/meudestino
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/blogmeudestino
Siga-nos no Instagram: www.instagram.com/blogmeudestino

PARCEIROS DO PROJETO:
parceiro2 parceiro3 parceiro4
parceiro6 parceiro8 parceiro10
parceiro1 parceiro5 parceiro9
The following two tabs change content below.
André Morato

André Morato

Nasci em Divinópolis, interior de Minas Gerais, onde moro atualmente. Sou solteiro, colunista, blogueiro, viajante, designer gráfico, agente de turismo... (Oferecimento: Bombril. 1001 utilidades!). Apaixonado por viagens e por fotografia. Viajei para vários lugares no Brasil e no mundo mas confesso, tem muita coisa que ainda quero conhecer. Criador e editor deste blog.
André Morato

Latest posts by André Morato (see all)

3 Comentários até agora.

  1. William Haddad disse:

    muito legal a tua postagem

  2. […] quantidade de ouro. Para ter idéia de todo ouro que foi explorado na cidade, faça uma visita à Mina de Ouro da Passagem, que fica no caminho de Ouro Preto até […]

  3. […] as várias atrações da cidade de Mariana (já citamos a Mina da Passagem e o Centro Histórico) está a Praça Gomes Freire, uma lindíssima e agradável praça rodeada de […]