Conhecendo as obras e galerias do Inhotim

O museu possui diversas obras interessantes e você precisará montar um roteiro já que fica impossível conhecer todas em um mesmo dia

O Inhotim é um lugar incrível. Os visitantes ficam boquiabertos com tamanha beleza e grande diversidade das obras e galerias do Inhotim. O local é um museu de arte contemporânea e jardim botânico e está localizado na cidade de Brumadinho a 60 km de Belo Horizonte.

Neste post iremos falar especificamente sobre algumas obras e galerias que podem ser conhecidas durante a sua visita ao Inhotim. Se você ainda não conhece o Inhotim, sugiro que você leia o nosso post anterior, com todas as informações sobre o parque. A leitura do post anterior antes de visitar o museu é indispensável. Clique aqui para ler.

As obras e galerias do Inhotim

Não sou a melhor pessoa para falar sobre arte contemporânea e não tem como eu dizer aqui quais são as melhores obras e galerias do Inhotim pois vejo isso como uma questão de gosto e cultura pessoal. Eu entrei no site do Inhotim e selecionei algumas obras para conhecer de acordo com o que achei relevante e recomendo que você faça o mesmo.

Todas as obras e galerias citadas abaixo puderam ser visitadas em um único dia.

“Bisexted Triangle” por Dan Graham

Na obra há dois vidros centrais espelhados, um côncavo e um convexo. No côncavo, você se olha no vidro espelhado e fica magro e no convexo você fica gordo.

As obras e galerias do Inhotim ficam a céu aberto e em galerias fechadas, espalhadas por todo o parque.
As obras e galerias do Inhotim ficam a céu aberto e em galerias fechadas, espalhadas por todo o parque.

“True Rouge” por Tunga

Redes, madeira, vidro soprado, pérolas de vidro, tinta vermelha, esponjas do mar, bolas de sinuca, escovas limpa-garrafa, feltro e bolas de cristal.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (13)

A fachada da galeria True Rouge é linda e esta obra é a mais antiga do parque.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (38)

“Inmensa” por Cildo Meireles

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (2)

“By Means of a Sudden Intuitive Realizationa” por Olafur Eliasson

Um iglu de fibra de vidro com uma fonte de água iluminada por uma luz estroboscópica dando impressão de que gotas de água estão paradas no ar. Não recomendado para pessoas que sofram claustrofobia e epilepsia.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (3)

“Sonic Pavilion” por Doug Aitken

Uma das galerias mais distantes. Um cano enterrado a centenas de metros dentro da terra com um microfones geológicos captando os sons que a terra faz. Além de ouvir a natureza, você tem uma belíssima visão panorâmica das montanhas ao redor do Inhotim. Uma experiência única!

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (9)

“Galeria Miguel Rio Branco” por Miguel Rio Branco

Ao “subir a ladeira” para chegar até esta galeria, o visitante se depara com a suntuosa galeria, que lembra a proa de um navio. No 1º andar, uma galeria de fotos registradas pelo artista no Pelourinho nos últimos 30 anos. No segundo andar, obras interativas. Para entendar mais sobre esta galeria, só visitando! (rsrsrs)

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (5)

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (6)

“Desvio para o Vermelho” por Cildo Meireles

Um quarto onde todos os objetos são vermelhos. Nos fundos, há uma pia torta, que parece uma ilusão de ótica graças ao ambiente escuro.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (19)

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (20)

“Através” por Cildo Meireles

Esta exposição mostra “barreiras” que não podem ser ultrapassadas pelo homem, tais como cordões, arame farpado e até grades de prisão. Você interage com a obra caminhando sobre os estilhaços de vidro no chão.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico-18.jpg

“Troca Troca” por Jarbas Lopes

Já se tornou um símbolo do Inhotim. 3 fuscas com as cores trocadas entre eles.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (27)

“Viewing Machine” por Olafur Eliasson

Esta obra de Olafur Eliasson baseia-se nos princípios de funcionamento do caleidoscópio, gerando um efeito obtido pelo reflexo da luz em seis espelhos que formam um tubo hexagonal.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (43)

“A Origem da Obra de Arte” por Marilá Dardot

Várias letras espalhados pela grama dispostas em vasos de cerâmica para formar palavras. Cada letra tem o feitio de um vaso de cerâmica proporcionando interação total do visitante com a obra.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (30)

“Elevazione” por Giuseppe Penone

Uma grande árvore de metal, presa ao chão por pés de aço. Ao seu lado, estão plantadas 5 árvores que estão crescendo e chegarão até a altura da escultura, como se a sustentassem e criassem um espaço arquitetônico para abrigá-la.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (28)

“The Mahogany Pavilion” por Simon Starling

Veleiro invertido, construído em 1963

inhotim_brumadinho_jardim_botanico-26.jpg

Obra ainda sem título por Edgard de Souza

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (24)

“Beam Drop” por Chris Burden

Esta é uma grande escultura com 71 vigas  de construção. Para criar esta obra, um guindaste de 45 metros de altura foi utilizado para soltar as vigas, dentro de uma vala cheia de cimento fresco.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (29)

“Folly” por Valeska Soares

Nesta obra, os visitantes se fundem com uma imagem projetada de uma bailarina através dos vidros espelhados.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (34)

“Gui Tuo Bei” por Zhang Huan

inhotim_brumadinho_jardim_botanico-16.jpg

“Galeria Adriana Varejão” por Adriana Varejão

Belíssima galeria por dentro e por fora. Reúne várias obras desta artista, que é umas das mais bem pagas do mundo.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico (32)

Repare os vários triângulos que foram formados nesta foto.

inhotim_brumadinho_jardim_botanico-33.jpg

Estas foram as obras que consegui visitar em um dia no Inhotim. A Galeria Cosmococa (indispensável) ficou para a próxima vez pois a fila estava enorme o dia que fui e não iria dar tempo. Pelo menos isto servirá como desculpa para uma próxima visita.

A obra “Penetrável Magic Square” de Hélio Oiticica estava em reforma, assim como a “Narcissus Garden” de Yayoi Kusama e não consegui visitá-las mas merecem ser visitadas também.

Viagem realizada em julho de 2013


Confira também

1ª vez no Inhotim? Confira nossas dicas
Vôo livre de parapente pela Serra da Moeda


—————Curta nossas redes sociais—————
Facebook – Twitter – Instagram – Youtube – Flickr – Feed

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde!
    Gostaria de saber quais serão os horários de funcionamento em INHOTIM no período de carnaval.
    Aguardando retorno!
    Obrigado!
    Marize

Comente!